Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Confira 5 dicas para evitar a decisão de compra por impulso

A- A+

Na hora de comprar, como você age? Sua decisão de compra é marcada pela consciência ou pelo impulso? Se a opção escolhida for a segunda, você acompanha a maioria, infelizmente.

Conhecer e respeitar os limites do próprio bolso antes de ir às compras não é um hábito muito presente para a maior parte dos brasileiros. Segundo levantamento encomendado pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), mais da metade dos consumidores das capitais (53%) admite não ter controlado a sua decisão de compra por impulso nos últimos meses.

A pesquisa ainda aponta que os locais em que as compras impulsivas mais ocorrem são os supermercados (30%), os shopping centers (20%) e as lojas virtuais (17%). Se você também caiu na tentação e adquiriu algum produto sem avaliar a sua real necessidade, é importante saber como evitar novas aquisições impensadas.

Decisão de compra é marcada pela consciência ou pelo impulso.

Conhecer e respeitar limites do bolso é atitude fundamental em tempos de crise. Foto: iStock, Getty Images

Decisão de compra por impulso: como resistir?

No livro intitulado “Decisões Econômicas: Você já parou para pensar?”, a autora Vera Rita de Mello Ferreira classifica o processo de decisão de compra em três etapas: Perceber, Avaliar e Escolher.

Para o educador financeiro Silvio Bianchi, ao se adquirir por impulso, as etapas 2 e 3 são afetadas pela emoção. “Quando a emoção funciona sem controle, a decisão foca no desejo,  o qual é difícil de ser postergado, pois isso adia a gratificação”, explica. Para evitar a tentação da compra por impulso, o educador recomenda cinco dicas:

Adie a compra

Se um certo produto lhe atrai fortemente, adie a compra até o dia seguinte. Assim, nesse espaço de tempo, você poderá avaliar com calma se você precisa de fato do item ou se não passa de um desejo passageiro.

Pesquise e compare preços

Não fique com o primeiro preço que aparecer. Segundo Bianchi, após pesquisar e comparar valores em outros estabelecimentos, você pode encontrar produtos mais acessíveis e economizar entre 10% e 20%, pelo menos.

Priorize sonhos

Tenha objetivos em curto, médio e longo prazo, saiba quanto custam, em quanto tempo irá alcançá-los e quanto está disposto a guardar por mês para conquistá-los. Esses sonhos balizarão suas despesas, pois, se forem realmente importantes, vão lhe ajudar a decidir se a compra é necessária ou não.

Conheça sua situação financeira

Sabe quanto ganha líquido e em que gasta seu dinheiro ao longo do mês? Faça seu orçamento mensal, priorizando seus sonhos. Orçamento não é só uma planilha, mas a sua bússola.

Ao anotar seus ganhos e suas despesas, é possível identificar com mais clareza para onde irá seu dinheiro ao longo do mês. Afinal de contas, você está no controle!

Não vá às compras sozinho

Você possui algum familiar que sabe avaliar bem as compras antes de fazê-las? Convide-o para lhe acompanhar. Se sua recomendação for a de não comprar, ouça.

Além disso, sempre que possível, opte pela compra à vista e com desconto. Para isso, poupe primeiro e compre depois. Se for parcelar, planeje para que as prestações caibam no seu orçamento até o fim.

Você vai se interessar por:

Controle gastos com cartão de crédito

Para quem usa o cartão com consciência e aproveita todos os seus benefícios sem comprometer o bolso, falta só escolher aquele que mais se adapta às suas necessidades e exigências.

Com os Cartões de Crédito Vivo, você pode parcelar em até 12 vezes sem juros nas lojas Vivo e somar pontos no programa de recompensas Vivo Valoriza. Oferecidos em parceria com o Itaú e o Santander, eles também dão bônus e pontos para você falar mais em ligações para telefone fixo ou de longa distância, enviar SMS e acessar a internet, além de descontos em cinema e muitas outras vantagens.

> Cartões de Crédito Vivo: Conheça as vantagens

Você tem uma boa dica sobre decisão de compra? Deixe seu comentário.

melhores universidades do brasil
quando vale a pena ter cartão de credito
como cancelar pedido feito no cartão de crédito
reembolso no cartão de credito
formas de pagamento para fazer compras pela internet
como entender a fatura do cartão de crédito