Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Confira 5 dicas de investimento para iniciantes

A- A+

Tem dinheiro guardado e quer investir em aplicações? É essencial que, antes de começar, você busque conhecimento e trace estratégias específicas. Do contrário, é bem provável que o negócio gere mais prejuízo do que lucros ao seu bolso, além de frustração. Pensando nisso, reunimos dicas de investimento que podem ajudar a multiplicar seu dinheiro com riscos baixos.

Dicas de investimento para quem quer começar

A melhor maneira de saber qual investimento mais se encaixa nos seus objetivos é realizar pesquisas de mercado para conhecer as opções disponíveis e suas especificidades. Desde o início, é fundamental conhecer as taxas e impostos, ficar por dentro da inflação, da taxa Selic, acompanhar o desempenho e saber o que a afeta o rendimento. Como explica Mateus Vieira Lana, sócio do Bússola do Investidor, todo investimento é um tripé de risco, retorno e liquidez – mas não apenas isso.

“Tem um fator que corre em paralelo a esse tripé, que é a preparação. Um investidor mais preparado para um tipo de investimento, em geral, terá maior retorno e menor risco em seus investimentos. Alguém que estudou a bolsa por anos, por exemplo, estará mais preparado para ter lucro do que alguém que acabou de começar a investir”, complementa.
Antes de iniciar um investimento, avalie as possibilidades disponíveis e converse com um profissional da área. Foto: iStock, Getty Images

Antes de iniciar um investimento, converse com um profissional da área. Foto: iStock, Getty Images

Dicas de investimento na prática

Depois de conhecer o mercado, é hora de definir onde investir. Uma vez traçados os seus objetivos, é essencial que você siga o planejado. Se você estabeleceu que investirá R$1 mil mensalmente, atenha-se a esse valor. Evite pular um mês ou aplicar mais em outro por ter pressa para obter lucros.

Manter a calma e seguir o planejamento é o melhor caminho para ter lucratividade a longo prazo, o que não quer dizer que você não deve reavaliar sua estratégia, de acordo com as condições da economia. Mas, sempre que fizer isso, busque simular as mudanças e calcular os seus impactos no orçamento.

Outra dica é manter os pés no chão e não achar que investir significa enriquecer rapidamente. Por isso, não assuma riscos com os quais você não é capaz de lidar, que estão além dos seus conhecimentos. A principal recomendação de Lana é apostar em opções de renda fixa, como o Tesouto Direto, através de uma corretora de valores. No cenário atual, com os juros em alta, elas são as mais recomendáveis para quem quer iniciar e podem ter um rendimento líquido maior que 10% ao ano, tudo isso com riscos pequenos de perda.

Cartões de crédito com benefícios

Quer mais segurança e praticidade para movimentar o seu dinheiro? Os Cartões de Crédito Vivo, em parceria com o Itaú e o Santander, dão bônus e pontos para você falar mais em ligações para telefone fixo ou de longa distância, enviar SMS e acessar a internet, além de descontos em cinema e muitas outras vantagens.

> Cartões de Crédito Vivo: Conheça as vantagens

Gostou das dicas de investimento?Então compartilhe!

quando vale a pena comprar título de capitalização
É importante entender de finanças bem antes de sair de casa.
oscilações da Bolsa de Valores
como lidar com a avareza
investir para viajar
como parcelar dívida ativa do IPVA