Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Confira 3 cuidados para alugar um imóvel economizando dinheiro

A- A+

Você vai mudar de casa e já se definiu pelo aluguel, mas ainda precisa cortar custos para não viver no aperto. Isso não é problema: com alguns cuidados, você pode confirmar a locação, economizando dinheiro no custo do imóvel e em taxas extras.

Para isso, no entanto, é preciso levar em consideração uma série de itens antes de fechar o negócio. Apesar de o preço dizer muito sobre um lar, muito do valor do aluguel pode ser determinado por outros fatores.

Economizando dinheiro no custo do imóvel e em taxas extras, é possível aluguel com economia.

Negociar com o proprietário pode render uma boa economia na locação. Foto: iStock, Getty Images

Economizando dinheiro no aluguel

Para o diretor presidente da Associação Brasileira dos Mutuários da Habitação (ABMH), Lúcio Delfino, a melhor maneira de encontrar um aluguel mais barato é pesquisar. Segundo ele, com o aumento da oferta de imóveis para locação, a tendência dos preços é cair. “Trata-se da lei da oferta e procura”, lembra.

Além da pesquisa, outras medidas podem ser adotadas para encontrar um imóvel com um valor de aluguel justo e acessível, economizando dinheiro de forma a manter o controle sobre o orçamento doméstico. Confira três cuidados importantes nesse caminho:

Localização do imóvel

A primeira dica para fazer um bom negócio, economizando dinheiro no aluguel de imóvel, diz respeito à localização. Construções centrais ou em áreas mais nobres da cidade costumam ser mais valorizadas e, portanto, ter preço de aluguel menos em conta.

Nesses casos, pode valer mais a pena investir em regiões um pouco mais afastadas e que tenham um custo de transporte igualmente barato.

Conversa com proprietário

Negociar o preço inicial apresentado pelo proprietário também pode ser uma maneira eficaz de economizar. “Quem já possui um contrato de locação em andamento pode pesquisar com vizinhos que também sejam locatários e verificar o preço do aluguel de imóveis com as mesmas características, que estejam na mesma região”, sugere Delfino.

Feito esse levantamento, você deve procurar o proprietário e tentar negociar o valor do aluguel, sob pena de rescindir o contrato e optar por uma locação mais em conta.

Valor do condomínio e taxas

Além do aluguel, você precisa estar atento a outras taxas do seu imóvel que podem torná-lo mais caro. Por isso, antes de fechar um contrato, verifique se os demais valores também atendem ao seu poder aquisitivo e se nada está sendo cobrado indevidamente.

Vale lembrar que gastos com fundo reserva e taxas extraordinárias devidas ao condomínio não são de sua responsabilidade. “Dívidas anteriores à locação, referentes a IPTU, despesas cartorárias nem pagamento de ITBI, também não são de sua competência”, alerta. Nesses casos, basta um contrato particular, que pode ser até verbal.

No entanto, o locatário deve estar ciente de que não terá qualquer benefício decorrente da valorização do imóvel e que o valor do aluguel aumentará anualmente, geralmente pela variação do IPG-M.

Você vai se interessar por:

Segurança para sua família no novo lar

Outra maneira de alugar um imóvel, economizando dinheiro, é se precaver contra possíveis incidentes. Com o Seguro Residencial Vivo, você recebe pagamento de indenização quando ocorrer danos à sua residência ou ao seu conteúdo em decorrência de incêndio, raio e explosão.

Além disso, está protegido também contra roubo e furto qualificado de bens. O serviço, em parceria com a seguradora ACE, ainda oferece praticidade no pagamento, que pode ser realizado na mesma fatura mensal do seu celular.

> Seguros para seus bens: Garanta proteção contra incêndio, raio, danos elétricos, roubo e furto

E você? Tem mais uma dica para alugar economizando dinheiro? Comente!

vale a pena usar roupas de marca
feiras de trocas
vale a pena economizar
dividir aluguel com alguém
limite do cartão de crédito
exemplos de produtos supérfluos