Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Confeccionar arranjos de flores artificiais pode se tornar um negócio

A- A+

Pessoas com habilidades para a confecção de arranjos de flores artificiais têm nas próprias mãos uma oportunidade de negócio. Mais do que fazer pequenos buquês para vender porta a porta, os artesãos podem fazer dessa ideia um empreendimento de maiores proporções.

Os números atestam isso. Conforme dados do Instituto Brasileiro de Floricultura (Ibraflor), somente em 2013, o segmento cresceu 12%, atingindo R$ 4,8 bilhões em faturamento. Embora as flores artificias não tenham participação expressiva na estatística, não há como negar que o produto vem ganhando destaque.

Pequenos arranjos de flores artificiais

Dom para decoração pode ajudar a ganhar dinheiro com as flores artificiais. Foto: iStock, Getty Images

Empreender com arranjos de flores artificiais

Seja para fazer os arranjos ou apenas para revender, é possível aumentar seus rendimentos, saindo da informalidade e agindo de forma mais profissional.

Com a correria do dia a dia – e com flores artificiais cada vez mais perfeitas, difíceis até de serem distinguidas das naturais – manter as plantas sempre viçosas tem sido um desafio.

Justamente por isso, a quantidades de unidades artificiais – também chamadas “flores permanentes” – nas lojas de decoração tem crescido. O custo é menor em relação ao produto verdadeiro e os cuidados na manutenção são bem mais fáceis.

Além disso, há flores para públicos de todos os gostos: desde pessoas com menor poder aquisitivo até compradores com padrão de vida mais elevado, que consomem maiores quantidades de produto para projetos de decoração.

Quanto custa montar uma loja?

Se a decisão de apostar nos arranjos de flores artificiais está tomada, resta partir para a operação. Para montar uma loja, o Sebrae estima um gasto aproximado de R$ 5 mil para o mobiliário administrativo (incluindo computador, telefone, mesa, cadeira, entre outros) e R$ 55 mil para o showroom, já prevendo um veículo para entregas e o restante dos móveis.

A escolha do local também pesa bastante no sucesso do negócio. O ideal é optar por ruas ou shoppings com grande fluxo de pessoas, priorizando aspectos como a mobilidade. Afinal, pontos comerciais sem estacionamento próximo impedem boa parte da cliente de chegar até ele.

Outro fator interessante e que pode melhorar o desempenho das vendas é a iluminação adequada. As luminárias, dispostas de modo a evidenciar os detalhes das flores, podem ser fundamentais para dar um toque especial no seu negócio.

Segredos do bom negócio

Não basta ter o produto e o capital para investimento. É necessário ouvir os clientes permanentemente para entender suas necessidades e fazer as alterações necessárias. Só assim você saberá quando há demanda por um novo tipo de planta ou quando seu estacionamento precisa aumentar a capacidade.

Observar a movimentação da concorrência também é importante para não correr o risco de ficar ultrapassado e perder clientela. Lembre-se que o comércio atende a desejos ligados à moda. Essa, por sua vez, muda rapidamente. Por isso, estar atento ao mercado é fundamental.

Você vai se interessar por:

Gostou das dicas para vender arranjos de flores artificiais? Compartilhe!

almofadas para sofá
índice de confiança do empresário do comércio
como abrir uma floricultura
plantas para ter dentro de apartamento
parede de vidro
Conversando sobre como desfazer uma sociedade