Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Comprovante de pagamento de despesas: veja a melhor forma de organização

A- A+

Guardar o comprovante de pagamento de cada conta quitada é importante, mas aquele volume de papel que se acumula em pastas ou gavetas deixa muito gente com os cabelos brancos. Para evitar esse estresse, é interessante encontrar uma maneira de guardá-los de forma organizada.

Cada comprovante de pagamento em seu lugar

O lugar onde você irá guardar cada comprovante de pagamento – uma pasta com divisórias ou pastas individuais, por exemplo – vai depender muito das suas preferências e também do espaço que dispõe em casa. Mas a organização começa separando as contas por tipo. Luz, água, energia, gás, moradia, veículo: cada uma deve ter o seu espaço.

comprovante-de-pagamento

Prazo que comprovante deve ser guardado varia. Foto: iStock, by Getty Images

Comprovante de pagamento x tempo de guarda

Hoje em dia, reduzir o volume de papéis é uma necessidade da maior parte das pessoas. mas guardar os comprovantes é necessário. Por prever prazo de prescrição de dívidas, o Código Civil também prevê um período para a guarda de cada comprovante de pagamento, como uma segurança do consumidor em caso de cobrança indevida.

Para auxiliar no sentido de reduzir papéis, a lei 12.007, que entrou em vigor em 2009, obrigada os fornecedores de serviços básicos a entregar uma declaração anual de quitação de débitos ao consumidor. O documento traz a comprovação de quitação pelo período de 12 meses e elimina a necessidade de guardar os 12 comprovantes do ano.

Uma dica, para quem dificuldade de se organizar, é agrupar as contas (ou as declarações anuais) cujo tempo de guarda do comprovante de pagamento é o mesmo. As faturas que precisam ser guardadas por cinco anos, por exemplo, são os tributos – federais, estaduais e municipais – contas de água, luz, telefone, gás, assistência médica, mensalidade escolar e honorários de profissionais liberais (médicos, advogados, dentistas).

Já comprovantes de quitação de cartões de crédito e aluguel devem ser guardados por três anos (lembrando que o contrato de locação deve ser mantido até a entrega das chaves). Despesas referentes a hospedagem devem ser guardadas por um ano, assim como as apólices de seguro, que devem ser armazenadas por esse mesmo período após perder a validade.

Há também contas com prazo indeterminado para a guarda das faturas. As prestações de financiamento de imóvel, por exemplo, precisam ser guardadas até a escritura no registro de imóveis. Só após essa etapa o comprador tem plena propriedade sobre o imóvel. No caso dos consórcios, até que a administradora transfira o bem para o nome do comprador.

Contas pagas pela internet

A internet agilizou muito o pagamento das contas. O smartphone, então, nem se fala. Mas isso não significa eliminar completamente o papel. É importante imprimir também o comprovante de pagamento virtual. Outra alternativa é colocar uma cópia dessas notas em nuvem, construindo uma espécie de bakcup.

 

Gostou das dicas de comprovante de pagamento? Cadastre-se e receba nossa newsletter.

O controle financeiro pessoal e o futebol
Pokémon Go
como lucrar vendendo artesanato
como lucrar vendendo cosméticos
Casal melhora as finanças pessoais
Comprar tablet