Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Compras no atacado rendem descontos em grandes quantidades

A- A+

Quando você ouve falar em compras no atacado, pode imaginar que a modalidade seja voltada apenas a pessoas jurídicas, como comerciantes que irão revender os produtos. Nem sempre é assim. A economia com itens de primeira necessidade pode ser uma motivação para recorrer a esses espaços.

Os gastos com alimentação e satisfação pessoal são, segundo o Ibope Inteligência, os responsáveis por consumir a maior parte do orçamento mensal das famílias brasileiras de classes C, D e E. Comprando apenas o básico, lá se vão 13% da renda.

Para diminuir essas despesas, passar a fazer compras no atacado, ao invés de ir ao supermercado, pode ser um passo. Mas você sabe como recorrer a essa modalidade?

Mulher faz compras no atacado

Autosserviço oferece preços mais baixos para compras em grandes quantidades. Foto: Marcelo Camargo/ABr

O crescimento das compras no atacado

A troca do supermercado pelas compras no atacado já é uma tendência no Brasil, conforme identifica a Associação Brasileira de Atacadistas (Abad). O setor teve crescimento de 0,9% nas vendas em 2014. O balanço indica que foram mais de R$ 211 bilhões faturados pelo segmento.

Os atacados podem ser divididos em duas categorias, conforme o tipo de público que atendem. Um deles é voltado somente às vendas para pessoas jurídicas, como mercados ou restaurantes. Já os atacados de autosserviço estão abertos para o atendimento ao público, que pode comprar produtos em grandes quantidades, com preços mais baixos.

Nos estabelecimentos que permitem a compra por parte de pessoas físicas, o consumidor final é o responsável pela maior parte das vendas: 41% dos lucros são gerados por quem deixa o supermercado de lado e escolhe fazer as compras no atacado, conforme a Abad.

Considerando a preferência dessa parcela significativa das pessoas, é possível considerar que há vantagens nesse tipo de consumo.

Compras no atacado: quando vale a pena

Atacados são espaços que vendem produtos em grandes quantidades e que mantêm esses itens estocados. Portanto, artigos perecíveis – como carnes e vegetais – não são vendidos nesse tipo de estabelecimento.

Isso significa que você não conseguirá fazer todas as suas compras no atacado, pois ainda dependerá de mercados, açougues e fruteiras para encontrar alguns produtos.

Ainda assim, os componentes principais de uma cesta básica, como arroz, feijão, açúcar, farinha, leite e semelhantes, são encontrados com ampla variedade nesses espaços.

Segundo a cartilha de compra do Maxxi Atacado, divisão de autosserviço do grupo Walmart, é possível economizar entre 15% e 20% no valor final dos produtos.

Entre as dicas de economia, está a criação de uma lista de compras. Saber o que você precisa comprar ajuda a evitar que consuma itens desnecessários. Além disso, a cartilha também sugere o compartilhamento dessa lista com a sua família, amigos ou vizinhos quando for fazer compras no atacado.

Mesmo no setor de autosserviço, as compras no atacado seguem uma linha de cálculo para grandes vendas. Portanto, quanto maior a quantidade que você consumir de um mesmo produto, mais baixo fica o preço. Dessa forma, se uma pessoa for ao atacado e comprar arroz, feijão e açúcar para toda a família, por exemplo, todos têm mais economia.

Fazer compras no atacado também se torna mais vantajoso, segundo a Abad, a partir do processo de modernização pelo qual esse setor tem passado. Conhecidos por serem restritos às marcas mais populares e acessíveis, os estabelecimentos passam agora a vender também os produtos de empresas mais tradicionais, aumentando a atratividade para o consumidor final.

Você vai se interessar por:

Conheça alternativas para evitar o plástico das sacolas de compras

Compras por impulso podem gerar arrependimento

Compras de supermercado: de que forma poupar mais?

Descontos em cupons

Para quem gosta de pagar barato, sempre é bom conhecer métodos para economizar na hora de comprar. A Vivo oferece um serviço de cupons de desconto, com redução nos preços de produtos de diversas empresas. Para ter acesso ao Vivo Descontos, é só fazer o cadastro no site e esperar pelo código de confirmação, enviado por SMS.

Feito isso, as ofertas estarão disponíveis, de forma gratuita, durante uma semana. Após esse período, basta pagar uma taxa de R$2,99 por semana e seguir tendo acesso a todas as promoções disponíveis no site.

> Vivo Descontos: Receba cupons ilimitados por SMS, internet ou aplicativo de smartphones

Interessado em optar pelas compras em atacados? Deixe um comentário.

metas de curto médio e longo prazo
quando vale a pena comprar título de capitalização
seudinheiro-Compras-de-supermercado
como conseguir desconto na compra de livros
exemplos de produtos supérfluos
como pechinchar na internet