Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Compras mensais no atacadista exigem atenção redobrada

A- A+

Você vibra com os preços daquele encarte do mercado atacadista que é deixado semanalmente na sua caixa de correio? Aí se empolga e vai correndo fazer umas comprinhas para aproveitar a promoção? Cuidado, a promessa de produtos mais baratos em grande quantidade pode ser um perigo para o seu bolso.

Até mesmo porque a probabilidade de você ficar com um excesso de produtos, sem conseguir usar tudo e até sem espaço para guardar, é muito grande. Quando se trata de itens perecíveis, a situação é ainda mais perigosa.

Se for comprar no atacadista, pague à vista

O Movimento das Donas de Casa e Consumidores de Minas Gerais (MDCMG) alerta que nem sempre a compra no atacadista compensa. “Pelos nossos 31 anos de experiência, ouvindo relatos das donas de casa associadas, a economia só será feita ser for uma família muito grande e se tiver o dinheiro disponível”, diz o movimento.

seudinheiro-atacadista

Pesquisar preços e qualidade dos produtos antes da aquisição é o segredo. Foto: iStock, Getty Images

Para não correr o risco de comprar demais no atacado – em função de só vender em grande quantidade – o MDCMG orienta que o consumidor deve, antes, certificar-se da demanda do mês. “Para uma família com quatro pessoas, por exemplo, não será econômico estocar uma quantidade grande de alimentos, porque estes podem estragar.”

Compras coletivas no atacadista? Pense bem

A essas alturas do campeonato, você pode estar se perguntando: “E se eu reunir vários membros da família, tios, primos e irmãos, para comprarmos todos juntos?” A ideia é realmente boa, mas pode ser perigosa. O MDCMG entende que só vale a pena se a economia for muito grande.

“Reunir muitas pessoas pode gerar conflito na escolha, na decisão e no pagamento da compra”, alerta o movimento. Para comprar bem, tanto no comércio varejista quanto no atacadista, a dica do movimento é pesquisar preços e qualidade dos produtos antes da aquisição.

Quando vale a pena?

Mas se o mercado atacadista está presente com tanta força, fazendo encartes periódicos e anunciando na mídia, em algum momento deve valer a pena comprar lá. Claro que sim. Boa parte dos compradores deste tipo de comércio revende produtos em mercados menores, de bairro.

Nesse caso, é uma boa escolha, pois esse comprador necessita de uma grande quantidade. E ele consegue revender por maior preço pois, em determinados pontos, nem todo mundo consegue se deslocar frequentemente em busca do melhor preço.

Para famílias muito numerosas ou empresas, que utilizam materiais em uma grande quantidade mensal, também pode ser interessante recorrer ao atacadista. Afinal, tudo o que é adquirido é consumido.

Em alguns casos, será viável até mesmo para quem tem família pequena. Sabe aquele churrasco que você irá fazer no seu aniversário? Esse é um caso em que vale a pena, pois você precisará de bebidas, água, carne e outros itens para muitas pessoas.

Gostou das dicas de atacadista? Cadastre-se e receba nossa newsletter.

Pokémon Go
como lucrar vendendo artesanato
como lucrar vendendo cosméticos
vale a pena usar roupas de marca
feiras de trocas
como abrir uma academia de ginástica