Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Comprar um apartamento decorado tem maior custo

A- A+

Quem está procurando imóvel para comprar, certamente já viu um anúncio convidando a visitar o apartamento decorado. Geralmente, eles são encantadores e acabam servindo de inspiração para a mobília dos futuros proprietários. Mas há também imóveis usados com móveis sob medida que permanecem à venda.

Claro que a mobília também é uma espécie de test drive para que o comprador possa ter uma ideia melhor de como pode ficar o imóvel. Entretanto, o custo é um pouco maior e é preciso pesar vantagens e desvantagens antes de fechar negócio.

Custo do apartamento decorado

O vice-presidente de Comercialização do Sindicato de Habitação do Rio Grande do Sul (Secovi-RS), Gilberto Cabeda, explica que não existe um padrão de diferença de preços em comparação a um imóvel comum. “Depende do nível da mobília e decoração disponíveis”, sustenta.

Uma prática comum nos decorados é usar móveis com tamanhos reduzidos.

Imóveis acabam servindo de inspiração para a mobília dos futuros proprietários. Foto: iStock, Getty Images

Ele justifica que o próprio custo dos móveis não é aceito como base, pois, considerando que são peças usadas, há sempre uma depreciação no valor. “Em linhas gerais, poderíamos dizer que o apartamento decorado custa entre 10% e 15% mais”, avalia.

Há situações em que pode ser interessante optar pelo apartamento decorado. “Quando não há diferenças entre o gosto do vendedor e do comprador e se a diferença de valor não for muito grande, pode valer a pena”, destaca.

Não há, porém, uma tendência de crescimento na venda do apartamento decorado. “Pelo contrário, o imóvel mobiliado e decorado limita o nicho de mercado dos imóveis avulsos, já que tendem a ter preços superiores àqueles sem mobília ou decoração”, assinala.

O que verificar no apartamento decorado

Se você pretende comprar um imóvel mobiliado já usado, quando for visitá-lo, terá um cenário mais real da rotina do morador. Porém, quando se trata de apartamento na planta, pode haver uma série de diferenças entre o que você vê na “amostra” e  que você vai receber. Fique atento às dicas:

Metragem

A medida do apartamento decorado geralmente tem como base um imóvel térreo. Se não for esse que você está comprando, questione as diferenças. Os imóveis de centro, geralmente, são menores e têm outras características, como banheiro sem janelas.

Tamanho dos móveis

Uma prática comum nos decorados é usar móveis com tamanhos reduzidos (bem diferente do padrão), semelhante ao que se faz em vitrines de lojas. Assim, tudo parece maior do que realmente é. Se não quiser ficar medindo, faça um teste: sente-se no sofá, deite-se na cama, abra as portas dos armários e verifique o espaço interno.

Espelhos

Os arquitetos das construtoras gostam de colocar espelhos no apartamento inteiro, pois eles dão uma sensação de amplitude. Mas além de o imóvel continua pequeno, os espelhos sujam muito rápido.

Sacada integrada

É preciso ter muito cuidado com a promessa de sacada integrada à sala. Realmente fica bonito e espaçoso, mas, se for decidido em assembleia de condomínio que todas as sacadas precisão ter uma porta para dividi-las da sala, você não terá como mudar isso.

Vida real

Tente controlar os impulsos quando visitar um modelo decorado. Lembre-se que, no dia a dia, a rotina é diferente. Você precisará de espaço para guardar as louças e aquela lavanderia linda (e minúscula) abrigará baldes de roupa suja e um varal cheio.

Você vai se interessar por:

Arquitetura de interiores: saiba quando contratar um especialista na área

Descubra quais são os principais gastos para reformar sua casa

As vantagens de morar em apartamento pequeno

Proteja seus bens

Decorado, mobiliado ou na planta. Quando for comprar o seu apartamento, não esqueça de proteger o bem. Com o Seguro Proteção Residencial, oferecido pela Vivo em parceria com a Ace Seguradora, você se previne em caso de incêndio, raio, explosão, danos elétricos, roubo e furto qualificado, responsabilidade civil e familiar.

> Seguros para seus bens: Proteção da sua casa até sua bolsa, mochila e carteira

Você tem uma boa dica? Deixe um comentário.

investir em imóvel na planta vale a pena
vale a pena investir na decoração de uma casa para alugar
dividir aluguel com alguém
cooperativa habitacional
por que a poupança rende tão pouco
crédito para financiar casa própria