Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Comprar moedas exige atenção aos movimentos de mercado

A- A+

O mercado de câmbio é um dos que mais movimenta a área de investimentos em todo o mundo. Mas com as oscilações frequentes que oferece, comprar moedas é alternativa que exige atenção e também conhecimento.

Para entender como esse mercado funciona e quais são as estratégias mais utilizadas pelos especialistas, confira a seguir as dicas do economista Denys Wiese, diretor comercial do portal EuQueroInvestir.com.

Comprar moedas é alternativa que exige atenção e também conhecimento.

Investir em moedas envolve alto risco e não é indicado para inexperientes. Foto: Shutterstock

Entenda as variações do mercado de moedas

A principal dificuldade em fazer as escolhas certas no mercado de câmbio está relacionada ao número de fatores que podem influenciar a alta ou a queda de uma moeda.

Para Wiese, a principal delas é a oferta e a demanda. Aqui a regra é simples: se há muitos investidores dispostos a comprar moedas, ela se valoriza. Na situação inversa, a relação é a mesma.

Mas para chegar até o interesse de compra, é preciso considerar ainda questões como a expectativa de crescimento do país que emite a moeda, a sua credibilidade no mercado mundial e a presença de instabilidades políticas e econômicas.

No Brasil, por exemplo, todos esses fatores tem ido contra a valorização do real, o que leva a moeda nacional a ter um valor mais baixo em relação ao dólar, que se mostra em crescimento. O resultado é a diminuição do poder de compra frente ao mercado internacional.

“Se um Big Mac custa um dólar nos EUA, mantidas as demais variáveis constantes, um Big Mac no Brasil deveria custar R$ 4, exatamente, o preço desse um dólar aqui”, exemplifica Wiese.

Estratégias para comprar moedas

Uma das vantagens oferecidas pelo mercado de câmbio é possibilidade de diversificação nos períodos em que a moeda nacional passa por uma queda, que pode oferecer risco aos rendimentos.  

Além disso, trata-se de uma opção de investimento que oferece liquidez e pouco spread – o equivalente à diferença entre o preço de oferta e de compra.

Por outro lado, os riscos também estão presentes, especialmente pela volatilidade dos preços e a falta de previsibilidade de retorno. Outro problema é o acesso, que costuma ser difícil para investidores de menor porte.

Wiese explica ainda que o mercado de moedas costuma se dividir entre dois tipos de investidores: os hedgers, como importadores e exportadores, e os que desejam especular.

“Para os primeiros, o mercado de moedas é uma modalidade importante de proteção do seu patrimônio, de modo a anular efeitos negativos da variação cambial. Para os segundos, o mercado de moedas é uma modalidade de alto risco, em que pode trazer expressivos ganhos ou expressivas perdas”, avalia.

Você vai se interessar por:

Investir em moedas estrangeiras exige perfil agressivo

Comprar dólar para investir é um bom negócio?

Entenda a diferença de crédito entre as financeiras e os bancos

Como comprar moedas no Forex

No Brasil, o mercado de moedas é regulado pelo Banco Central, responsável por inibir a presença de negociações consideradas ilícitas, como a lavagem de dinheiro. Investir em mini-contratos de mercado futuro e em fundos cambiais são opções.

Conforme explica Denys Wiese, o local mais conhecido para comprar moedas e negociá-las é o Forex (abreviatura para foreign exchance, ou câmbio estrangeiro), cercado de polêmicas em função do alto número de estelionatários presentes.

Na plataforma, são adquiridos pares de moedas. Ou seja, na aposta de valorização ou desvalorização de uma em relação à outra. Mas é preciso estar ciente dos altíssimos riscos e recorrer a uma instituição regulada. Até mesmo investidores experientes precisam de muita cautela antes de partir para a modalidade.

É permitido operar Forex no Brasil, desde que através de instituição autorizada pelo Banco Central e registrada na Comissão de Valores Mobiliários (CVM) ou por intermédio de autônomo também regularmente registrado.

Segundo a CMV, não há corretora brasileira proibida de ofertar contratos de derivativos negociados no Forex. Mas o órgão aconselha que, antes de decidir pela aplicação nesse mercado, o investidor verifique se o ofertante está registrado para fazer a intermediação. “Fora dessa hipótese, a oferta é irregular e a conduta do intermediário poderá ser caracterizada, inclusive, como ilícito penal”, informa a comissão.

 

Gostou das dicas para comprar moedas? Compartilhe!

como lucrar vendendo cosméticos
vale a pena usar roupas de marca
quando vale a pena comprar título de capitalização
esteira ou bicicleta ergométrica
dicas para comprar uma boa esteira
investir em imóvel na planta vale a pena