Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Comprar livros infantis ajuda a formar futuros leitores

A- A+

Em tempos de videogames cada vez mais modernos e tablets e smartphones cheios de aplicativos com joguinhos, é cada vez maior o número de crianças que querem ter um desses dispositivos a mão. Comprar livros infantis pode ser uma boa alternativa para quem quer afastar um pouco os pequenos dos jogos eletrônicos.

Além de desviar um pouco da atenção das crianças das telas, que colocam um mundo ao alcance das mãos, mas desviam a concentração, comprar livros infantis e infanto-juvenis pode gerar ainda uma economia para o bolso dos pais. Existe uma variedade de diferentes livros no mercado, com preços acessíveis e bem mais baratos do que jogos eletrônicos e outros brinquedos em geral.

Os pais podem estar contribuindo, ainda, para formar futuros leitores ao ajudar os filhos a perceberem que a leitura também pode ser divertida. “Só lendo é que o leitor cria a necessidade de leitura”, explica o pesquisador Armindo Mesquita, autor do trabalho Como formar jovens leitores?.

comprar-livros

“Se o texto ou as ilustrações fizerem você sorrir, é um ótimo sinal!”. Foto: iStock, by Getty Images

 

Para Mesquita, ler é uma atividade de conquista que exige esforço, dedicação e empenho, e a família e a escola desempenham papéis fundamentais no seu incentivo. “A precoce imersão da criança no mundo dos livros e o convívio com a sua realidade são formas de despertar a curiosidade e o interesse pela leitura”, acredita.

Comprar livros: dicas de incentivo

Além de estabelecer uma série de rotinas para incentivar a leitura nas crianças, os pais precisam ter ainda cuidado na hora de comprar livros infantis, estando atentos aos gostos dos filhos.

O site BabyCenter dá algumas dicas para os pais na hora de comprar livros e de convencerem as crianças de que a leitura é uma viagem fantástica cheia de surpresas. De acordo com o site, é importante os pais pesquisarem quais os livros que fazem mais sucesso para a idade do seu filho. As livrarias, outros pais e mães e professores são boas fontes de pesquisa.

Segundo o BabyCenter, é importante que os pais folheiem os livros antes de comprar. “Manuseie o livro, faça um ‘test-drive’ antes de comprar. Se o texto ou as ilustrações fizerem você sorrir, é um ótimo sinal!”, aconselha.

Um primeiro passo para fazer com que os pequenos gostem de ler é também gostar de ler. Como crianças pequenas gostam de imitar os pais, o próprio ato de os pais lerem já ajuda a despertar nos filhos o interesse pela leitura. Conversar com os filhos e encorajá-los a fazer perguntas e aumentar seu vocabulário também ajuda na empreitada.

Estabelecer uma rotina de leitura; mergulhar na história e interpretá-la para os pequenos; e não se acanhar de repetí-la à exaustão são outras dicas do BabyCenter.

Onde comprar livros infantis?

Um bom lugar para comprar livros infantis é mesmo a livraria. Lá os baixinhos podem brincar com os livros e escolhê-los à vontade. O passeio à livraria em si já é uma diversão para as crianças, já que elas promovem contações e leituras de histórias que podem ser bem divertidas para os baixinhos.

A internet também é uma boa fonte de pesquisa para os pais. Ela também ajuda na hora da compra. Sites de comparação de preços podem dar descontos generosos na compra. Além disso, os pais podem ler a opinião de outros compradores sobre a obra antes de comprar livros para os filhos.

Compre com facilidade e segurança

Se você quer encontrar os melhores preços, é bom conhecer o Vivo Compras. Em parceria com a Opte+, a Vivo oferece produtos de lojas virtuais como Ponto Frio, Extra, Fast Shop e Casas Bahia. No portal, é possível encontrar eletrodomésticos, eletrônicos, produtos de informática, móveis, além de passagens aéreas, pacotes e hotéis, sempre com descontos diferenciados.

> Vivo Compras: Encontre os melhores preços para livros infantis

Este artigo lhe fez lembrar de alguém? Compartilhe!

Comprar tablet
Mulher entende o que é carnê-leão
Comprar smart tv
micro-ondas ou forno elétrico
geladeira com freezer ou congelador
vale a pena comprar produtos da apple