Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Comprar imóveis é uma forma de investir nos EUA, mas há riscos

A- A+

Com a cotação do dólar próxima dos R$ 3,50 – e, por vezes, ultrapassando essa marca – investidores se perguntam: vale a pena aproveitar o momento e investir nos EUA, comprando imóveis? Assim como ocorre com outras aplicações financeiras, a resposta a essa questão não é única e depende de uma série de fatores.

Segundo o diretor do portal EuQueroInvestir.com, Denys Wiese, para saber se a alternativa é, de fato, rentável, é preciso levar em conta aspectos como o preço do imóvel, custos de manutenção, custo de oportunidade do capital e dos rendimentos com aluguéis, entre outras variáveis.

A avaliação de qualquer investimento, segundo Wiese, deve passar pelo seu objetivo, seu prazo, o dinheiro envolvido e os riscos está disposto a correr. “Além disso, ao investir em outro país, deve-se entender claramente como incidem os impostos, como os recursos serão repartidos e quais são os riscos institucionais”, opina.

Investir nos EUA em imóveis

Imóveis no Sul da Flórida são uma opção de investimento no mercado americano. Foto: Shutterstock

Flórida é opção para investir nos EUA

Uma alternativa para quem quer investir nos EUA está no Sul da Flórida. O estado deve experimentar em 2015 um crescimento superior a toda economia norte-americana. A previsão é da consultoria PNC Financial Services Group.

Apesar da perspectiva positiva, a situação atual do Brasil – com a taxa de juros em mais de 14% ao ano – desestimula investir nos EUA ou em qualquer outro país, conforme explica Wiese. “É muito mais vantajoso aplicar em um investimento conservador por aqui, do que especular com renda variável (imóveis) em outro países”, completa.

Para ele, o ano de 2006 – que desencadeou a crise do Subprime – e os anos subsequentes, ofereciam condições mais indicadas para se investir nos EUA, pois o dólar estava mais barato e o preço dos imóveis em baixa. Hoje, em contrapartida, o cenário é outro: as casas e a moeda americana estão em alta.

O importante é considerar qual o tipo de investimento mais adequado ao perfil do investidor. No caso do aluguel de imóveis nos Estados Unidos, a modalidade mais comum envolve as casas de temporada, utilizadas por famílias em viagens de férias e que permitem ser locadas em outras épocas.

A locação para residentes americanos com uma rentabilidades mensal e imóveis comerciais também são opções.

Fora o mercado imobiliário, existem outras maneiras de investir nos EUA que podem ser atrativas, considera Wiese. “A Bolsa de Valores de lá está nas alturas. Porém, se comprarmos agora, estaremos comprando na alta. E com a voltatividade do mercado de ações, pode ser tarde demais”, pondera.

3 dicas para investir nos EUA e em qualquer lugar

Cada investimento possui suas particularidades e é preciso entender perfeitamente os detalhes de cada um antes de fazer o negócio. Confira três dicas do especialista em investimentos para obter sucesso na hora de investir:

Custo do investimento

Fique atento ao preço do investimento. Ele é alto ou baixo? Confira se esse valor está dentro das suas condições e se a modalidade não oferece descontos para investimentos maiores.

Tipo de investimento

Importante saber se o investimento é de renda fixa ou variável. Caso seja o primeiro, saiba quais são as garantias e qual é a rentabilidade. Se for de variável, pergunte quais os riscos e a projeção de rentabilidade. No pior cenário, quanto se perde?

Taxas do investimento

Confira se existe alguma taxa de administração, quais são os cursos de transação e os impostos. Esse cálculo tem que ser feito antes de realizar o investimento para entender o seu custo-benefício.

Você vai se interessar por:

Conheça investimentos financeiros para lucrar com a alta dos juros

Quais são os melhores investimentos atualmente? Descubra

Saiba o que é um fundo de ações e como investir

Seguro de vida é investimento

Uma das grandes preocupações de qualquer pessoa é com o bem-estar de seus familiares. Por isso, um seguro de vida é também um investimento. O Seguro Vida Plus, da Vivo em parceria com a Ace Seguradora, prevê indenização em caso de morte natural ou acidental. Essa modalidade também permite incluir benefícios adicionais, como Assistência Funeral.

> Seguros para Você: Conheça seguros de vida e acidentes pessoais

Gostou das dicas de investimentos? Compartilhe!

O controle financeiro pessoal e o futebol
preço de imoveis começa a cair
inflação do aluguel
investir em imóveis
direitos do inquilino
preços dos imóveis mais caros de SP