Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Compra em site estrangeiro pode ser econômica, mas há riscos

A- A+

Ao navegar pela internet, você descobriu que o produto que você tanto quer está com um preço muito inferior em um site estrangeiro. Até mesmo depois de realizar a conversão para reais, a compra parece em conta. Adotando os devidos cuidados, você pode ir em frente e confirmar a aquisição com segurança.

Isso se dá em razão da globalização, um fenômeno que aproximou o contato entre os países e que também fez crescer o mercado de vendas.

Recentemente, o Paypal identificou, em estudo, que boa parte dos brasileiros prefere comprar em um site estrangeiro, muitas vezes se valendo da variedade de produtos. Mas é preciso ficar alerta, pois os riscos nesse tipo de transação também são maiores.

Sites estrangeiros possuem riscos para sua segurança.

Antes de recorrer a um site estrangeiro de compras, pesquise a sua procedência. Foto: iStock, Getty Images

Os riscos em um site estrangeiro

Para Rafael Jakubowski, especialista em e-commerce e sócio da Sanders Estratégia Digital, o uso de idiomas diferentes dificulta a relação entre o vendedor e o consumidor em um site estrangeiro, agravando os riscos de complicações na compra.

“O grande problema é a falta de comunicação com o vendedor. Além de termos alguns valores limites para as compras e ainda corrermos o risco de, por algum outro motivo fiscal, o produto ser barrado”, explica o profissional.

Segundo Jakubowski, os riscos mais comuns envolvem o recebimento do produto e a questão tributária. O especialista indica que, muitas vezes, o produto é extraviado ao longo do trajeto de envio. Além disso, se ele não for enviado ao Brasil com toda a questão tributária e fiscal correta, as chances de a Receita Federal barrar a sua entrada são grandes.

O conhecimento do consumidor sobre o produto e a loja são fundamentais nesse processo com site estrangeiro. “Um fator muito importante que o usuário ao comprar deve se atentar é no cadastro de entrega, afinal, as suas informações de localização, como endereço, CEP, cidade, estado, devem estar preenchidas corretamente”, afirma.

O especialista também chama a atenção para a questão de legislação e direitos, que deve ser analisada com cautela. “Como estamos comprando em um site estrangeiro, isso depende de uma série de regras que não entram no nosso código do consumidor no Brasil”, lembra.

A dica de ouro, nesse caso, é realmente sempre buscar referências e analisar o que os clientes que já compraram com esse site dizem sobre ele, aconselha.

5 dicas para comprar em site estrangeiro

Siga as cinco dicas abaixo, elaboradas por Rafael Jakubowski, para comprar com segurança e tranquilidade em sites estrangeiros.

Referências

Para o especialista, estar a par do que os outros consumidores falam sobre aquele vendedor e conversar com conhecidos que já tenham experiência com a loja é fundamental para evitar problemas com um site estrangeiro.

Limite

“Veja o limite de valor que você pode comprar desse determinado produto para não ter problemas fiscais”, indica o Jakubowski. Assim como ocorre com viagens, a Receita Federal também estipula um valor limite para cada categoria de produto importado em e-commerce. Conhecer e respeitar esse limite diminui as chances de a sua compra ser barrada.

Intermediador

Se conseguir optar por comprar por um intermediador de pagamentos terceiros ao invés de ser direto pelo site, melhor. “Você tem a possibilidade depois de abrir uma reclamação, se o produto não chegar de acordo, e esse intermediador poderá devolver o dinheiro caso sua reclamação seja válida”, explica.

Prazo

Verifique com atenção o prazo de entrega. Há produtos que podem demorar muitos meses até chegar. “Veja se há algum tipo de forma de rastrear a encomenda. Isso é extremamente importante”, recomenda o especialista. Estando ciente do tempo que leva para chegar o produto, você consegue se planejar e pode cobrar, com razão, caso ocorram atrasos.

Pagamento

Conheça as características dos pagamentos em moeda estrangeira utilizando cartão de crédito. “A cotação pode variar. Dependendo do dia de fechamento da sua fatura, portanto, o valor pode sofrer alterações e é bom contar com isso”, alerta Rafael.

A oscilação do dólar com relação ao real, por exemplo, deve ser analisada. Optar por pagamentos à vista e em dias em que a cotação está mais baixa pode ajudar a economizar.

Você vai se interessar por:

Conheça os maiores sites de compras do país

É seguro salvar cartão em loja virtual? Descubra

Compra online: veja dicas para comprar bem

Compre com tranquilidade

Quem costuma comprar online tem mais chances de economizar. Uma forma prática de fazer isso é procurando os menores preços e comparando produtos e ofertas. Para comprar com tranquilidade e segurança no Brasil, você conta com o Vivo Compras. São mais de 850 mil produtos para escolher em diferentes lojas virtuais, através do mesmo carrinho.

> Vivo Compras: Encontre os melhores preços para suas compras

Você tem uma boa dica? Deixe seu comentário.

Comprar tablet
Mulher entende o que é carnê-leão
Comprar smart tv
micro-ondas ou forno elétrico
geladeira com freezer ou congelador
vale a pena comprar produtos da apple