Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Comparar tarifas bancárias ajuda a economizar

A- A+

Na hora de escolher um banco, muitas vezes não se dá a atenção necessária aos valores cobrados por cada instituição pelos serviços prestados. Mas saiba que comparar tarifas para o uso de seus serviços pode representar uma grande diferença no bolso. Uma pesquisa feita pela Fundação Procon de São Paulo em 2014 apontou uma diferença de até 563,33% no valor dos serviços prioritários oferecidos.

Para quem não tem tempo, nem paciência, de ir a todas as agências ou mesmo pesquisar no site de cada instituição bancária, dois serviços ajudam o cliente, com pouco esforço, a descobrir qual banco oferece as tarifas mais vantajosas para a sua necessidade.

comparar-tarifas

Comparar tarifas pode fazer diferença no seu bolso. Foto: iStock, by Getty Images

O primeiro serviço para comparar tarifas está no site da Federação Brasileira de Bancos (Febraban). Lá, é possível fazer a simulação de valores dos pacotes de tarifas para pessoa física oferecidos por 42 instituições bancárias. Na página, o usuário elege os serviços prioritários de maior interesse (por exemplo: cartão, cheque, saques, extratos), escolhe uma quantidade e compara as tarifas cobrados.

Serviço similar oferece o site do Banco Central. Na página estão expostos os valores mínimo, máximo e médio pedidos em qualquer serviço por todas as instituições bancárias do país.

Comparar tarifas e escolher serviços

Além do preço cobrado, o consumidor deve estar ciente do seu perfil de uso dos serviços bancários. Assim, poderá ter acesso a um leque maior de vantagens e ainda economizar.

“O cliente deve saber exatamente o que está incluso em seu pacote e verificar se ele se encaixa no perfil de utilização. Uns precisam de mais folhas de cheques, outros de um número maior de saques ou extratos e se não ultrapassar os limites do pacote, não há cobrança extra”, explica Enrique Recasens, diretor da TecBan.

Atenção aos pacotes oferecidos

Após comparar tarifas, o consumidor ainda deve atentar na hora de fechar negócio. No momento de fazer a proposta, é comum os bancos ofertarem pacotes especiais pelo uso dos seus serviços. Uma norma publicada pelo Banco Central e pelo Ministério da Justiça no final de 2014 instituiu que o valor cobrado mensalmente pelo pacote de serviços não pode ultrapassar a soma das tarifas individuais que o compõem.

A norma destaca também que a adesão a um pacote não é obrigatória e que o cliente tem a opção de utilizar serviços individualizados. O Banco Central e o Ministério da Justiça lembram também que há serviços que não podem ser cobrados, como cartão de débito, quatro saques e dois extratos mensais.

serviços banco

Além disso, informações sobre os pacotes de serviços devem ser divulgadas em local e formato visíveis ao público, nas agências bancárias, postos de atendimento, rede de correspondentes e em seus sites.

Tarifa vira bônus na Vivo

Se você é cliente Vivo e correntista do Santander, Itaú, Bradesco, Banco do Brasil ou Banrisul, pode transformar o valor pago mensalmente pelo pacote de tarifas em mais minutos para ligações no seu Vivo Móvel Pré, Pós ou Controle, além de outros benefícios. Para acionar o serviço, entre em contato com um dos canais de comunicação do seu banco e aproveite mais essa vantagem.

> Conta Bônus: Transforme tarifas bancárias e anuidade do cartão em bônus para o celular

Gostou das dicas para comparar tarifas bancárias? Deixe seu comentário.

como lucrar vendendo cachorro quente
como lucrar vendendo bolo no pote
como abrir uma franquia de alimentos
como abrir uma empresa de coleta de entulho
como se relacionar com as pessoas no ambiente de trabalho
como aumentar a produtividade