Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Comparar 4 modelos de colchão de solteiro

A- A+

Um estudo do Instituto de Pesquisa e Orientação da Mente aponta que 69% dos brasileiros consideram o seu próprio sono ruim ou insatisfeito. Boa parte dessa dificuldade encontrada pode ter relação com a qualidade da cama. Seja um colchão de solteiro ou de casal, é preciso pensar em uma série de fatores, físicos e de hábitos, antes de optar por um modelo.

Como escolher colchão de solteiro

O Instituto Nacional de Estudos do Repouso (Iner) afirma, em sua página oficial, que as pessoas passam um terço de suas vidas sobre um colchão e que os outros dois terços dependem diretamente da qualidade do tempo que se passa dormindo. Portanto, é preciso tratar a hora do sono como mais do que uma simples atividade cotidiana.

Você vai se interessar por:
Saiba como escolher o colchão certo para uma boa noite de sono
Roupa de cama: o que considerar na hora da compra
Veja dicas para mobiliar quartos sem comprometer o orçamento

Os colchões são parte importante desse momento. Um colchão de solteiro, por exemplo, mesmo que não precise ser resistente à muitas movimentações – já que só uma pessoa dorme nele, deve ter a medida certa entre maciez e firmeza. É isso que indica o Iner, responsável pela criação de uma tabela que indica a densidade indicada para cada biotipo.

seudinheiro-Colchao-de-solteiro

Colchões de espuma com densidade mais alta dão estabilidade para a coluna. Foto: iStock, Getty Images

A Tabela de Biotipo aponta que um colchão de solteiro de densidade 18 é indicado para crianças de até 3 anos. A densidade 23 pode ser utilizada por quem pesa até 60kg. Para quem pesa entre 60 e 80kg, estágio indicado é 28. A 33 é ideal para quem tem um peso corporal de até 100kg. A partir daí, o valor recomendando é a densidade 45. Todos essas indicações consideram colchões de espuma.

Um colchão de solteiro de molas já exige um pouco mais cuidado. O ner aponta que esse tipo de material se molda ao formato do corpo. Dessa forma, quem possui problemas de coluna ou dificuldades semelhantes acaba favorecendo ainda mais a condição negativa. Colchões de espuma com densidade mais alta garantem mais estabilidade para a coluna vertebral.

4 modelos de colchão de solteiro

colchaoFeito somente em poliéster, esse colchão de solteiro da Plumatex tem densidade 28, o valor médio dos colchões à venda no mercado. Por ser feito todo em espuma, se molda menos ao formato do corpo, dando mais sustentação para coluna e joelhos. Além disso, possui tratamento antimofo, antiácaro e antifungos.

paropasMais do que só um colchão, o modelo da Paropas é um conjugados. A espuma já está embutida na estrutura da cama. A densidade também é 28 e produzido com poliéster. São 13cm de estrutura de madeira nesse conjugado, para garantir uma base estável para a coluna. Conta também com uma cama auxiliar, que fica guardada embaixo da estrutura principal.

 

colchao1O modelo da Sealy mistura o poliéster da espuma com as molas do tipo bonnel, estrutura de metal entrelaçado e coberto por espuma. Esse colchão de solteiro também vem com Pillow Top, uma espécie de cobertura extra de espuma, que serve de barreira entre o corpo e as molas, para aumentar o conforto e evitar o contato indesejado com molas que escapem de sua estrutura.

colchao-3Com densidade de espuma 28, esse colchão de solteiro da Hellen também une espuma e molas, mas do tipo ensacadas. Cada uma delas é posicionada separadamente e envolta por espuma. Isso diminui o ranger que acontece com as molas bonnel e o risco de que alguma delas escape de onde está e machuque o usuário. Ainda assim, o Pillow Top ajuda a aumentar o conforto.

> Vivo Compras: Encontre os melhores preços para colchão de solteiro

Gostou das dicas de colchão de solteiro? Deixe seu comentário.

vale a pena usar roupas de marca
feiras de trocas
Comprar tablet
Mulher entende o que é carnê-leão
Comprar smart tv
micro-ondas ou forno elétrico