Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Como um formador de mercado atua na Bolsa de Valores

A- A+

Para quem deseja fazer investimentos, entender um pouco dos termos técnicos é essencial. Você sabe, por exemplo, o que faz um formador de mercado na BM&FBovespa? Essa figura é muito importante para que os seus negócios se concretizem dentro das expectativas.

Eles atuam como formador de mercado

Atividade ajuda empresas e investidores a ter um ambiente de negociação melhor. Foto: iStock, Getty Images

O que faz um formador de mercado

Antes de mais nada, um formador de mercado é uma pessoa jurídica e cadastrada na BM&FBovespa. Portanto, trata-se de uma empresa. Seu papel é manter ofertas contínuas e regulares de compra e venda durante a sessão de negociação.

Talvez o trabalho do formador de mercado pareça um pouco distante do seu investimento, mas ele é fundamental para você. Seu desempenho ajuda a fomentar a liquidez dos valores mobiliários, oportunizando negócios e reduzindo os movimentos artificiais nos preços dos produtos.

Mas como saber se um formador de mercado está agindo corretamente? Um dos deveres desse tipo de empresa é respeitar os parâmetros de atuação, como quantidade mínima (definida pela BM&FBovespa conforme a dinâmica de mercado e as características do ativo), spread máximo e percentual de atuação na sessão de negociação.

Cada ativo ou derivativo possui também um intervalo máximo para os preços das ofertas de compra e venda, que deve ser respeitado. As ofertas devem sempre ocorrer em igualdade com as demais propostas do mercado.

No entanto, a BM&FBovespa concede algumas vantagens no custo da negociação dos formadores de mercado, para incentivar a atividade. Essas empresas podem, por exemplo, ter isenção em emolumentos e taxas.

Comportamentos anormais de mercado, entretanto, podem alterar os padrões de trabalho ou até mesmo liberar essas empresas de suas obrigações durante a negociação, mas somente quando houver aprovação da BM&FBovespa. É o caso de uma catástrofe econômica ou mesmo um evento positivo inesperado, que possa modificar em demasia o preço do papel.

É permitido que cada formador de mercado seja credenciado para atuar em mais de um ativo ou derivativo. O trabalho pode ser desempenhado de forma autônoma ou por contrato junto ao emissor dos valores mobiliários, a empresas controladoras, controladas ou coligadas do emissor, ou ainda por detentores de valores mobiliários interessados em formar o mercado para papéis de sua titularidade.

Ajudando as empresas a negociar

No exterior, a atividade de formador de mercado já vem sendo desenvolvida há bastante tempo. No Brasil, faz poucos anos que a BM&FBovespa passou a incentivá-la, como forma de criar um ambiente de negociação para empresas ainda novas nesse mercado e para que as operações não girem apenas em torno das ações mais cobiçadas.

Dessa forma, as negociações tendem a melhorar tanto para as empresas que estão abrindo seu capital quanto para os investidores, que terão um mix maior de ofertas à sua disposição.

Você vai se interessar por:

Proteja sua família e concorra a prêmios

Independentemente do tipo de investimento realizado, o melhor custo-benefício é o bem-estar da sua família. Com o Seguro Premiado Vivo, você garante a proteção dos seus entes queridos e ainda concorre a prêmios no valor de R$ 2.500 por dia. Para participar, basta enviar a palavra SEGP para 8051.

> Seguro Premiado Vivo: Proteja a sua família e concorra a prêmios

Gostou das dicas sobre o formador de mercado? Compartilhe!

Taxa para investir em ações
Viajar ou comprar um carro
Opção para investir em commodities
O que são commodities
Acompanhando o rendimento do Tesouro Direto
Como usar o home broker