Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Como saber se o boleto é falso? 6 dicas para você se proteger

A- A+

Você recebe o boleto bancário na sua residência e faz o pagamento normalmente, seja via internet banking, lotérica ou caixa eletrônico. Só que, depois de alguns dias, vem a descoberta: o documento foi adulterado e o seu dinheiro não teve o destino correto. Conhece alguém que já passou por isso? Entenda como saber se o boleto é falso e previna-se contra fraudes.

Mulher pesquisa sobre como saber se o boleto é falso

Análise criteriosa do documento permite descobrir se o boleto é legítimo ou não. Foto: iStock, Getty Images

Como saber se o boleto é falso

Existem diversas maneiras de descobrir um boleto fraudado. Entre os principais critérios aos quais você deve ficar atento, fique de olho nessas seis dicas:

1. Código de barras

Verifique se o número do código de barras corresponde ao da parte de cima da fatura, e certifique-se de que os primeiros algarismos se referem ao banco de destino do pagamento. Cada banco possui um número específico, e você pode consultá-los pelo site da Federação Brasileira de Bancos.

2. Vencimento

Alguns estelionatários emitem boletos com data de vencimento próxima, ou já vencidos, para forçar os consumidores a pagarem a conta sem uma certificação mais aprofundada da validade do documento. Desconfie de faturas vencidas.

3. CNPJ

O documento deve conter o CNPJ da empresa beneficiária. Antes de pagar, vale a pena fazer uma consulta para descobrir se o número corresponde.

4. Padronização

Pegue um boleto emitido pela mesma instituição e compare o conteúdo. Cabeçalhos, espaçamento, fonte, marcas e sinalizações dificilmente serão alteradas de um mês para o outro. Caso haja incongruências, desconfie.

5. Erros de português

Erros de português praticamente atestam que o documento é fraudado, porque instituições financeiras reconhecidas no mercado não se dão ao luxo de cometer falhas tão primárias.

6. Qualidade do papel

Sim, até isso pode revelar que o documento é falso. A dica, novamente, é comparar com boletos antigos para identificar se o papel possui a mesma gramatura, cor e rigidez.

Golpe deve ser denunciado

A orientação das autoridades é comunicar toda e qualquer fraude aos órgãos responsáveis, para que os criminosos possam ser identificados. Mesmo que você não tenha pago o boleto falso, é recomendável fazer a denúncia, a fim de conceder mais recursos para os investigadores.

Para isso, você pode acionar o Procon do seu estado, a Delegacia do Consumidor (Decon), a Defensoria Pública e até mesmo o Banco Central do Brasil.

Agora, se você pagou o boleto e só depois percebeu que o documento era falso, a recomendação é procurar primeiramente o gerente do seu banco e, em seguida, recorrer ao banco que recebeu o dinheiro.

É possível rastrear o valor pelo documento de remessa, o que permite que você receba de volta o montante pago por engano. Caso não consiga resolver a situação, não hesite em procurar o Procon para fazer valer os seus direitos, e considere recorrer ao Judiciário para cobrar uma indenização por danos morais.

Você vai se interessar por:

Proteja o seu CPF

Já conhece o Vivo Alerta CPF? Entre as suas funções, está o envio de um SMS ao cliente toda vez que ocorrer uma alteração no status do seu nome nas bases de dados da Serasa Experian, toda vez que uma empresa consultar o nome do cliente nessa base de dados e ainda quando o seu nome estiver prestes a ser negativado.

Além disso, o cliente recebe exclusivas dicas antifraude e pode visualizar o relatório completo sobre o seu CPF.

> Vivo Alerta CPF: Receba alertas via SMS sempre que houver consultas a seu CPF

Agora não tem segredo: há como saber se o boleto é falso. Compartilhe as dicas!

sair da casa dos pais
vale a pena economizar
vale a pena pegar empréstimo
emprestimo urgente para negativado
erros financeiros comuns
como aprender com erros de finanças