Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Como retificar Imposto de Renda: confira um passo a passo

A- A+

Fazer o acerto de contas com o Fisco exige atenção. Reunir uns documentos aqui, anexar mais uns comprovantes ali, procurar por eventuais itens perdidos – tudo isso pode gerar erros de informação. Se acontecer, é preciso saber como retificar Imposto de Renda.

Quando retificar Imposto de Renda

A retificação nada é mais que a correção das informações declaradas. Isso evita que o contribuinte caia na malha fina – um cruzamento de informações realizado constantemente pela Receita Federal para averiguar possíveis inconsistências entre o que você declarou e o que foi informado pela fonte pagadora ou recebedora.

A correção dos dados pode ser realizada a qualquer momento após o envio da declaração. Há um prazo de cinco anos para retificar as informações, mas o ideal é que isso seja feito o quanto antes. Apesar de haver bastante tempo, o contribuinte perde o direito de corrigir os dados se for notificado pela Receita Federal.

Contribuinte aprende como retificar Imposto de Renda

Erros na declaração podem levar contribuinte a cair na malha fina. Foto: Marcelo Camargo, Agência Brasil

Como retificar Imposto de Renda

Algumas horas após o envio da declaração, já é possível acompanhar o andamento. Basta acessar o portal e-CAC para conferir se o documento apresenta algum problema. Em caso positivo, veja como retificar Imposto de Renda em quatro passos:

1. Gere um código de acesso para o e-CAC

Acesse a página da Receita Federal, clique na aba Onde Encontro? e, em seguida, escolha a opção Código de Acesso. Depois, clique na opção Código de acesso ao portal e-CAC, seguido de Gerar código de acesso para pessoa física.

Após, digite os dados solicitados pelo sistema – CPF, data de nascimento e caracteres que aparecem na imagem ao lado. Caso não estejam legíveis, você pode clicar em Gerar nova imagem.

Em seguida, clique em Avançar e digite os dados solicitados e o número do recibo de IRPF, excluindo os dois últimos algarismos. Finalizado esde processo, leia as instruções para gerar senha, clique em Gerar código e anote o número.

2. Acesse o portal e-CAC

O portal e-CAC é o centro virtual de atendimento ao contribuinte. Para acessá-lo, é preciso possuir o certificado digital ou gerar um código de acesso, conforme os passos explicados no item anterior. Em seguida, clique na aba Declarações, depois em Extrato de DIRPF e Retificação, dentro do ano-exercício a ser alterado.

3. Faça a correção

Nesta etapa, é possível alterar, incluir ou excluir dados, conforme a sua necessidade. As informações são mantidas mesmo quando o usuário sai do portal. Depois, é preciso ler e confirmar as alterações, para então clicar em Finalizar declaração.

4. Envie as informações

A retificação deve ser transmitida pelo programa Receitanet, disponibilizado pela Receita Federal. Mas isso não pode ser feito por meio de tablets ou celulares. Depois de finalizar a retificação, clique em Confirmar envio de declaração. Em seguida, imprima o recibo de entrega.

Se a sua declaração caiu na malha fina, mas não possui inconsistência nos dados, a orientação é aguardar a notificação da Receita Federal para prestar esclarecimentos. Também é possível se antecipar e agendar atendimento para a entrega dos comprovantes.

Você vai se interessar por:

Monitore e proteja seu CPF

Documento essencial para estar com a prestação de contas em dia com o Fisco, o CPF merece todos os cuidados. Para monitorar e proteger seu principal documento, você pode contar com o Vivo Alerta CPF.

Entre as suas funções, está o envio de um SMS ao cliente toda vez que ocorrer uma alteração no status do seu nome nas bases de dados da Serasa Experian, toda vez que uma empresa consultar o nome do cliente nessa base de dados e ainda quando o seu nome estiver prestes a ser negativado.

Além disso, o cliente recebe exclusivas dicas antifraude e pode visualizar o relatório completo sobre o seu CPF.

> Vivo Alerta CPF: Receba alertas via SMS sempre que houver consultas a seu CPF

Aprendeu como retificar Imposto de Renda? Compartilhe as dicas!

sair da casa dos pais
vale a pena economizar
vale a pena pegar empréstimo
emprestimo urgente para negativado
erros financeiros comuns
como aprender com erros de finanças