Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Como proteger o celular do contato com líquidos?

A- A+

A água – tão fundamental para o nosso bem estar – pode ser uma grande vilã quando o assunto é o seu celular. Alguns poucos segundos de contato com o seu aparelho podem trazer danos irreparáveis a ele. Para que isso não aconteça, é necessário proteger o celular desses possíveis estragos e ficar atento aos efeitos que eles possam causar.

“Entre os danos que o contato que qualquer líquido pode causar ao celular, estão o fato de talvez não carregar o aparelho de forma correta, devido a oxidação no conector de carga, problemas com o touch do aparelho, bem como outras funções nos comandos de escuta e fala do aparelho”, classifica o  supervisor técnico da Oficina de Celulares, Daniel Blanco.

Proteger seu celular contra líquidos é uma missão muitas vezes difícil. Foto: iStock, by Getty Images

Proteger seu celular contra líquidos é uma missão muitas vezes difícil. Foto: iStock, by Getty Images

Alguns cuidados podem ser tomados para evitar que essas avarias aconteçam. Daniel enumera alguns cuidados básicos para se ter, no dia a dia, a fim de evitar problemas do seu celular no contato com líquidos .

3 dicas para proteger o celular de líquidos

  • Evitar deixar os aparelhos em ambientes úmidos, tais como: banheiro, beira da praia, vestiários de clubes, entre outros
  • Não colocar o aparelho sobre a mesa durante as refeições. Caso esteja esperando uma ligação muito importante, deixe o mais afastado possível de jarros e garrafas para diminuir o risco de um contato acidental com qualquer líquido
  • Para você que costuma realizar atividades físicas, não é aconselhável utilizar o aparelho na cintura ou nos bolsos. O recomendado é protegê-lo com capas de neoprene, para impedir o contato com o suor ou até mesmo as intempéries do tempo.

Celulares mais modernos e capas protetoras são à prova d’água?

Atualmente, não existe nenhuma fabricante – de celular ou de capas protetoras – que protejam da água a qualquer profundidade ou durante muito tempo. Os produtos mais resistentes suportam em média 30 metros de profundidade e aproximadamente uma hora de uso.

“O fato é que ambos (celulares e capas) apresentam falha na vedação dos aparelhos, ocasionando assim a entrada de líquido, e consequentemente a oxidação do aparelho”, adverte o supervisor técnico.

Por isso, ele ressalta a importância de se observar o tempo limite de imersão na água que cada equipamento suporta. Essa informação pode ser facilmente encontrada na embalagem da capa protetora ou do celular, ou ainda, no seus manuais de instruções.

Segurança para seu celular em caso de acidentes com água

As vezes, por mais cuidado que se tenha, proteger o celular e evitar um acidente com água não é tarefa fácil. Um pequeno descuido é suficiente para comprometer todo essa atenção. Você sabia que pode evitar o prejuízo financeiro em caso de roubo, quebra e outros acidentes com o seu celular? O Vivo Multiproteção Celular oferece proteção para aparelhos novos, em caso de roubo ou furto qualificado e cobertura adicional contra danos materiais ao celular.

> Vivo Multiproteção Celular: Proteja seu aparelho contra roubo, furto, quebra e imersão em água

Você tem uma boa dica? Deixe seu comentário.

queda do dólar
vale a pena comprar celular muito barato
viajar para a China
viajar para a Tailândia
juros cobrados no cartão de crédito
como lidar com a avareza