Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Como organizar um casamento com pouco dinheiro

A- A+

Está chegando a hora do grande dia. O pedido foi feito (e aceito, claro) e você não vê a hora de juntar as escovas de dentes. Mas você olha o extrato bancário, analisa a conjuntura econômica, e desanima. Calma: tem como organizar um casamento com pouco dinheiro.

Os fornecedores costumam multiplicar os preços quando se trata da festa de núpcias. Mas dá para economizar e promover uma celebração bonita e charmosa. A dica é apostar na criatividade e inteligência.

Noiva organiza casamento com pouco dinheiro

Para a escolha do vestido da noite, a dica de economia é investir no aluguel. Foto: iStock, Getty Images

5 dicas para um casamento com pouco dinheiro

Já ouviu falar do “faça você mesmo”? Se você não sabe por onde começar, é simples: prepare uma lista de tudo o que é necessário e avalie o que pode ser elaborado em casa. Isso não significa que só você irá fazer. Mãe, irmãs e madrinhas também podem dar uma ajudinha nos preparativos.

1. Convites

Não é novidade que o serviço de gráfica pesa no orçamento. Portanto, apostar em formas criativas de chamar seus convidados pode representar uma bela economia. E nem é preciso saber lidar com softwares complicados. Há diversos aplicativos de montagens de fotos que permitem fazer ótimos trabalhos em poucos minutos. Depois, é só imprimir em papel fotográfico.

2. Decoração

Independentemente do tipo e do porte da festa, a decoração é considerada o item mais caro. Por isso, em primeiro lugar, você deve avaliar o salão. Escolha um local com piso e paredes bonitos, onde não seja preciso “carregar” nos enfeites.

Passando para a segunda etapa, analise o que você mesmo pode fazer um tempo antes do casamento. Por exemplo, enfeites para a entrada, porta-guardanapo e enfeites para uma área temática.

É importante escolher um tema que permita o “feito em casa”. Um exemplo é o shabby – como os casamentos norte-americanos ao ar livre, nos quais também se pode reciclar muita coisa. E está super em alta.

3. Docinhos

Os doces que não levam frutas (ou outros elementos perecíveis) na composição têm um prazo de validade mais extenso. Duram, no mínimo, cinco dias. Assim, eles também podem ser feitos por você.

Para fazer os famosos brigadeiros gourmet, basta colocar um pouco de essência na massa – que você compra nas casas especializadas – e preparar uma cobertura diferente. Além disso, você consegue comprar o material em grande quantidade por valores menores.

4. Lembrancinhas

Não importa o tema: sempre é possível fazer as lembrancinhas. Desde uma trufa até um artigo artesanal, apostar no “faça você mesmo” é sempre uma forma de economizar. Se pretende contratar uma fotocabine, a própria foto pode ser a lembrança.

5. Vestido

A dica, nesse caso, é investir no aluguel. Caso seja o chamado primeiro aluguel, o valor é um pouco mais elevado. Já no segundo aluguel, é possível economizar bastante. Se o modelo não estiver bem ao seu gosto, verifique a possibilidade de reformá-lo.

Você vai se interessar por:

Como economizar dinheiro com a comida

Essa questão está intimamente ligada ao horário da festa. Se for no final da tarde, por exemplo, um coquetel é melhor (e mais barato) que um jantar. Se fizer questão de um prato quente, cogite servir as mini-porções, juntamente com salgadinhos.

E aqui vai a dica final: pesquise – e muito! Se vai contratar buffet para o grande dia, você precisa se antecipar e ir atrás do melhor serviço pelo melhor preço. Exige empenho e persistência, mas você consegue promover um casamento com pouco dinheiro.

 

Gostou das dicas para organizar um casamento com pouco dinheiro? Compartilhe!

Pokémon Go
como lucrar vendendo artesanato
como lucrar vendendo cosméticos
vale a pena usar roupas de marca
feiras de trocas
Dicas para quem pensa em vender bens para pagar dívidas