Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Como obter crédito para pequenas empresas

A- A+

Começar um negócio do zero, mesmo que de pequeno porte, exige muito trabalho. Mais do que isso, requer contar com um bom valor inicial para montar a estrutura e garantir capital de giro até a ideia começar a ter lucro. Quem não possui o dinheiro necessário pode procurar linhas de crédito para pequenas empresas. Caso contrário, talvez nunca consiga tirar o projeto do papel.

Uma empresa já estabelecida também pode precisar de financiamento em algum momento, seja por necessidade de capital de giro ou para implementar um projeto de expansão ou criação de um novo produto. Mesmo que a empresa já esteja consolidada no mercado, é importante saber aproveitar oportunidades para crescer e, para isso, o crédito pode ser fundamental.

Concessão de crédito para pequenas empresas

Exigência de garantias é um entrave para pequenas empresas conseguirem crédito. Foto: iStock, Getty Images

Financiamento é desafio para pequenas empresas

Obter crédito para pequenas empresas pode ser um desafio e tanto. Afinal, é comum que seja exigida uma montanha de garantias, somada a outros trâmites burocráticos impostos pelos bancos para conceder um empréstimo.

No final, o aporte financeiro virá com um preço que pode ser alto demais: juros anuais significativos, que podem comprometer a saúde da empresa – mesmo que ela sequer tenha entrado em operação.

A solução é procurar linhas de crédito especiais para micro e pequenas empresas. Ainda que a oferta não seja a ideal para fomentar o empreendedorismo no país, há algumas opções para garantir o capital necessário para tocar o projeto.

Opções de crédito para pequenas empresas

Confira as principais opções de crédito para pequenas empresas disponíveis no Brasil:

BNDES

Recorrer ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) ainda é a melhor opção de crédito para pequenas empresas. Mas seus recursos são destinados a projetos já existentes, que vão justificar o pedido de recursos.

O programa BNDES MPME Inovadora, por exemplo, é destinado a micro, pequenas e médias empresas que planejam introduzir soluções inovadoras no mercado. Os recursos podem ser destinados para complementar os processos produtivos, desenvolver novos produtos ou reabastecer o capital de giro.

Mas há também a linha de crédito Micro, Pequenas e Médias Empresas, mais simples, destinada a financiar investimentos diversos, inclusive a aquisição de máquinas e equipamentos.

Microcrédito Produtivo Orientado

A Caixa disponibiliza essa linha de crédito para financiamento de valores baixos para empresas de pequeno porte. O valor mínimo do empréstimo é de R$ 300,00, e ele pode chegar até R$ 15 mil, dependendo da análise do crédito e capacidade de pagamento.

Pode não parecer muito, mas é uma linha com pouca burocracia, que pode garantir aquele dinheiro que está faltando para adquirir alguns equipamentos ou fazer uma reforma no ponto de venda. Para a primeira contratação, o prazo de pagamento é de 12 meses.

FAMPE

O Fundo de Aval às Micro e Pequenas Empresas (FAMPE), do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) não é uma linha de crédito, mas sim um instrumento que pode tornar muito mais fácil a obtenção de um empréstimo junto a um banco. Trata-se de um auxílio para complementar as garantias financeiras exigidas para conceder o crédito.

É possível, através do FAMPE, obter parte das garantias necessárias para aquisição de equipamentos, capital de giro e obras civis necessárias para a implantação, ampliação ou realocação de uma empresa.

Você vai se interessar por:

Esse artigo lhe fez lembrar de alguém? Compartilhe as dicas!

como abrir uma microcervejaria
Eles sabem como tornar o dia mais produtivo
Meu sócio me roubou, o que fazer?
Conversando sobre como desfazer uma sociedade
Como organizar a vida financeira de uma empresa
Uma das ideias de negócios em biotecnologia