Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Como multiplicar dinheiro e obter tranquilidade financeira

A- A+

Quem não deseja ter estabilidade financeira? Esse é o sonho de muita gente. Entretanto, por vezes, ele parece inalcançável. Afinal, como multiplicar dinheiro quando o que se ganha mal dá para pagar as contas?

Mas os especialistas garantem que é possível. Se você duvida, comece entendendo que a questão não é exatamente quanto se ganha, mas de que forma se gasta o que recebe.

Mulher sabe como multiplicar dinheiro

Fazer bons investimentos é a melhor forma de ver o seu dinheiro multiplicar. Foto: iStock, Getty Images

Como multiplicar dinheiro em 7 passos

Quer aprender como multiplicar dinheiro? Confira sete atitudes que não podem faltar nesse desafio:

1. Estude

Antes de mais nada, para fazer com que seu dinheiro renda, é preciso entender o máximo possível sobre o mercado financeiro. É claro que, no caso do seu salário, o “milagre da multiplicação” não se aplica. Então, a única forma de mudar a situação é fazendo investimentos.

Mas para aplicar sua renda é importante conhecer, em primeiro lugar, o seu perfil de investidor. Em seguida, é essencial compreender o mercado, as taxas de juros, saber quais aplicações estão realmente rendendo e quais estão apenas compensando a desvalorização do dinheiro.

2. Registre

Fazer um controle de gastos, com uma planilha detalhada, é fundamental para poder tomar decisões financeiras. Veja o quanto está gastando e analise se o seu salário permite que você mantenha seu padrão de vida atual. Muitas vezes, fazer o orçamento render exige apenas alguns ajustes.

3. Poupe primeiro, pague depois

Se você vai investir na poupança, em CDB ou em qualquer outro produto, é indiferente. Mas experimente primeiro separar o dinheiro a ser investido e depois pagar suas contas. Geralmente se faz ao contrário, mas inverter a ordem das coisas é fundamental para “sobrar” e conseguir honrar todos os compromissos do mês.

4. Tenha metas claras

Se você possui um objetivo definido, pensar nele sempre vai ajudar a gerenciar melhor o dinheiro. Se a meta for trocar de carro, por exemplo, deixar isso claro vai fazer com que você pense duas vezes antes de gastar em algo que não é importante.

5. Estabeleça limites de gastos

Se você se considera consumista, ou muitas vezes não resiste a uma compra, impor limite máximo para alguns itens pode ajudar a controlar seus gastos. Desde o valor máximo para um par de sapatos até o orçamento do supermercado: é sempre importante estabelecer suas regras para não levar um susto ao verificar o extrato bancário.

6. Esqueça a ostentação

As pessoas verdadeiramente ricas dificilmente ostentam o que tem. Aliás, a esmagadora maioria dos endividados só entra nessa situação por gastar mais do que ganha. Reflita bastante a respeito disso e crie um padrão de vida que você possa ter tranquilidade financeira.

7. Pense no futuro

Embora a aposentadoria possa parecer algo distante, começar a guardar dinheiro ainda antes dos 40 anos é fundamental para desfrutar a terceira idade sem muitas limitações. Pense desde já em um plano de previdência privada ou outro tipo de investimento.

 

Viu como multiplicar dinheiro pode estar ao seu alcance? Se gostou das dicas, compartilhe o artigo nas redes sociais!

melhores universidades do brasil
quando vale a pena ter cartão de credito
como cancelar pedido feito no cartão de crédito
reembolso no cartão de credito
formas de pagamento para fazer compras pela internet
como entender a fatura do cartão de crédito