Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Como melhorar a busca em classificados de emprego

A- A+

A Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio (PNAD), realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) no primeiro semestre de 2015 mostrou que 6,8 milhões de brasileiros estão desempregados. Esse número mostra que, apesar de não se estar mais refém somente dos classificados de emprego dos jornais, encontrar trabalho não é tarefa fácil.

A internet pode ser uma aliada na busca da atividade remunerada que mais combina com você, mas para que isso aconteça, você precisa estar atento às vagas disponíveis em sites especializados.

classificados-de-empregos

Não se prenda aos classificados do jornal. Foto: iStock, by Getty Images

Vá além dos classificados de emprego

O primeiro passo a ser dado é criar um currículo. Coloque nele todas as suas experiências profissionais, seus pontos fortes, os objetivos profissionais e, não esqueça, dos seus dados pessoais e informações para contato. (telefone, celular, email).

Feito isso, chegou a hora de você conhecer alguns serviços de busca de empregos online que funcionam como verdadeiros classificados de emprego online, e que ao contrário dos impressos nos jornais, são gratuitos.

Sine

O site do Sistema Nacional de Empregos é uma ótima alternativa para você que está a procura de trabalho a bastante tempo e quer evitar enfrentar filas. Ao contrário dos pontos físicos dos Sine nas cidades, que tem um número reduzidos de vagas, a página da internet conta com mais de um milhão de oportunidades de trabalho.

Outros diferenciais – além da praticidade e da maior quantidade de vagas – que o site dispõe são a possibilidade de filtrar o emprego desejado por área ou função de interesse e o Estado, o cálculo da média salarial da sua categoria, o alerta de uma vaga afim e facilidade de alterar o seu currículo quando você quiser. Além da versão web, o Sine tem também um aplicativo para smartphones.

Bne

O Banco Nacional de Empregos também é uma opção de busca de emprego online. O site conta com quase 200 mil vagas de trabalho e mais de 100 mil empresas cadastradas. No plano gratuito, você tem acesso ao cadastro de currículo, ao jornal de classificados de emprego online e deixar seu currículo disponível do site.

Na versão VIP, que é paga, há candidaturas ilimitadas para as vagas, aviso de vagas por SMS, contato direto com a empresa, entre outros benefícios. O site tem abrangência nacional e possui 56 unidades distribuídas em nove estados do Brasil.

Invista nas redes sociais

Ser visto pelo mercado de trabalho também é fundamental. Para isso, é importante criar perfis em sites de emprego e redes sociais e mantê-los sempre atualizados. Assim, o seu potencial patrão tem mais possibilidade em encontrar você.

O LinkedIn é um rede social, lançada em 2003, voltada para os negócios. Muitas empresas se utilizam dessa ferramente para contratar funcionários. Uma página bem atualizada e bem escrita pode lhe render uma vaga de emprego.

Este artigo lhe fez lembrar de alguém? Compartilhe!

viajar para a Turquia
vale a pena pedir demissão
sonho de consumo
app para gastos pessoais
valor das tarifas bancárias
dinheiro poupança pode ser penhorado