Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Como investir em dividendos: aposte no longo prazo

A- A+

Uma das maiores dificuldades de iniciar no mercado de investimentos é conhecer os termos que fazem parte da rotina e como eles influenciam as variações do seu dinheiro. Quando o assunto é a compra de ações em uma bolsa de valores, dividendos é uma dessas expressões.

O que são os dividendos

No Brasil, as empresas de capital aberto são obrigadas a distribuir, no mínimo, 25% dos seus lucros líquidos com aqueles que detêm parte de suas ações. Esses são os chamados dividendos, que correspondem a uma das formas que você possui de ver o seu dinheiro render quando se torna um acionista.

“Os dividendos, em alguns casos, são isentos de Imposto de Renda, pois esses já foram retidos na fonte. Para conseguir melhores lucros, o recomendado é reaplicá-los nas ações que pagam mais. Dessa forma, você possuirá mais ações que vão pagar dividendos e poderá comprar cada vez mais papéis daquela ação. Isso se chama reaplicar os dividendos“, explica o coach financeiro Bruno Papi, fundador do General Investidor.

Outra opção que as empresas possuem para fazer a distribuição dos seus lucros é o pagamento de juros sobre o capital próprio. Para quem investe, a maior diferença está na tributação, que ocorre nesse caso e pode resultar em rendimentos menores.

dividendos

Para investir em dividendos, é fundamental que você esteja sempre atento ao mercado e suas variações. Foto: iStock, Getty Images

Cuidados com os dividendos

São vários os cuidados que uma pessoa que deseja investir em ações precisa ter. O primeiro deles é acompanhar o balanço da empresa trimestralmente. Mudanças na organização, nos lucros ou mesmo no mercado podem desvalorizar a sua aplicação e diminuir os dividendos que você recebe.

Sempre que possível, analise também a rentabilidade das empresas com ações disponíveis para compra, o potencial de crescimento e a capacidade de aumento nos pagamentos que são destinados aos acionistas minoritários. Conhecer esses dados ajuda você a fazer as melhores escolhas, de acordo com o seu perfil.

Lembre-se de que se tornar um acionista também pode resultar em perda de dinheiro. Por isso, não é recomendado aplicar quantias reservadas para emergências. Como os melhores resultados são conseguidos a longo prazo, muitas vezes com o passar de anos, o ideal é que você também não precise da quantia investida tão cedo.

Cartões de crédito com benefícios

Se você gosta de de movimentar o seu dinheiro com praticidade e segurança, é bom conhecer os Cartões de Crédito Vivo. Com os cartões de crédito Vivo Santander e Vivo Itaucard 2.0, você tem diversas vantagens, como alerta SMS, bônus na recarga de celular, pontos no Vivo Valoriza, descontos nos ingressos de cinema e parcelamento em até 12 x sem juros nas Lojas Vivo.
> Cartões de Crédito Vivo: Conheça as vantagens

Gostou das dicas sobre dividendos? Compartilhe!

É importante entender de finanças bem antes de sair de casa.
investir em imóvel na planta vale a pena
vale a pena investir na decoração de uma casa para alugar
vale a pena ter seguro de vida
melhores universidades do brasil
quando vale a pena ter cartão de credito