Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Como economizar no lanche da escola sem se descuidar da saúde

A- A+

Se os petiscos que seu filho leva para a aula consomem boa parte do seu orçamento, saber como economizar no lanche da escola é fundamental para reduzir as despesas. Mas não é preciso se descuidar da boa alimentação da criança para aliviar o bolso.

Ainda que o ideal seja uma refeição composta por todos os grupos alimentares (proteína, fruta e carboidrato), lembre-se que essa dieta é imprescindível nas refeições completas, como café da manhã, almoço e jantar. O lanche deve conter alguns desses alimentos, mas é preciso sempre incluir todos.

Aprendendo como economizar no lanche da escola

Se faltar tempo, prepare uma lancheira saudável com itens do supermercado. Foto: iStock, Getty Images

Como economizar no lanche da escola

Para garantir um lanche saudável e ainda economizar, a dica é prepará-lo em casa. Afinal, não é novidade o aumento de doenças relacionadas à obesidade ou mesmo ao consumo excessivo de alimentos industrializados.

Mas é importante redobrar o cuidado com o armazenamento. A menos que você tenha uma lancheira térmica e que a temperatura não esteja excessivamente alta, os ingredientes que são conservados na geladeira não devem compor o lanche do seu filho. O suco também deve ser enviado em garrafa térmica.

De olho nos nutrientes

  • Proteínas: carne, leite e derivados (como queijos), ovos
  • Frutas: escolha as frutas da estação, pois contêm menos agrotóxicos
  • Carboidratos: pães, massas e cereais

5 receitas práticas de lanches

Quer saber como economizar no lanche da escolha sem deixar de oferecer ao seu filho um alimento saudável e gostoso? Veja algumas dicas de refeições práticas e excelentes em valor nutricional:

  1. Uma barra de cereais, um iogurte e um suco 100% natural.
  2. Um sanduíche de pão integral com queijo branco e cenoura ralada, com um copo de suco de melão.
  3. Uma porção de morangos inteiros, quatro cookies integrais e um copo de suco de melancia.
  4. Tapioca recheada com geleia de frutas e lascas de amêndoas.
  5. Salada de frutas com iogurte de garrafinha e cereais (que devem ser levados separadamente).

Por onde começar?

Como você pode ver pelas receitas econômicas, não é necessário fazer absolutamente tudo em casa – embora seja, sem dúvida, mais barato.

Pais que dispõem de pouco tempo podem montar lanches com produtos que encontram no supermercado, mas escolha as opções saudáveis, como pão integral, queijo branco, hortaliças e frutas da estação.

Os sucos podem ser de caixinha, desde que você opte pelos integrais – sem conservantes e sem açúcar. Estes, porém, são mais caros. Uma dica para poupar na bebida é deixar as polpas de fruta já trituradas e congeladas.

As formas de gelo são uma boa opção para o congelamento. Assim, basta adicionar água e passar no liquidificador ou no processador no dia de consumir.

Quanto às frutas, o ideal é escolher opções fáceis de descascar ou que possam ser consumidas com casca. Quando desejar mandá-las picadas, basta passar limão sobre elas para evitar que fiquem escuras (como é o caso da banana e da maçã).

Você vai se interessar por:

Crédito emergencial ao seu alcance

Se a dificuldade financeira atrapalha até mesmo operações básicas do dia a dia, como a sua comunicação, é possível contar com um serviço que garante o saldo no celular. Com o Vivo Crédito Antecipado Voz você pode solicitar uma recarga emergencial de R$ 3 para falar e enviar SMS para todo o Brasil. O valor é descontado automaticamente da sua próxima recarga ou da fatura da sua conta Controle.

> Crédito Antecipado de Voz: Garanta R$ 3 de crédito até a próxima recarga do celular pré-pago

Aprendeu como economizar no lanche da escola? Compartilhe as dicas!

melhor lugar para trabalhar
Já sabe o que fazer quando terminar a faculdade
Cuidando das finanças no lar
Fazendo o controle de finanças na prática
Vai devolver bem financiado
Aprendendo como transferir licença do Office