Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Como economizar dinheiro no dia a dia com 6 dicas

A- A+

A crise econômica não poupa ninguém. Com a inflação em alta, o desemprego batendo recordes no país e o Produto Interno Bruto (PIB) encolhendo, é preciso se proteger para terminar o mês no azul. Nessa hora, saber como economizar dinheiro no dia a dia pode fazer a diferença.

O primeiro passo para ter sucesso nesse desafio é entender como a inflação corrói os salários dos brasileiros, buscando aliviar o orçamento com algumas mudanças pontuais na rotina. Você está preparado?

como economizar dinheiro no dia a dia

Com organização financeira, você consegue poupar e evita o endividamento. Foto: iStock, Getty Images

Como economizar dinheiro no dia a dia

1. Estabeleça prioridades

O primeiro passo é entender que, na falta de recursos financeiros, você deve estabelecer prioridades. Pare alguns segundo e reflita: do que você realmente precisa para atingir os objetivos pessoais e profissionais?

Todas as vezes em que cogitar pegar dinheiro na carteira, pense em duas colunas: “eu quero” e “eu preciso”. Analise o item e identifique a coluna à qual ele pertence. Assim, fica mais fácil tomar decisões e poupar dinheiro.

2. Organize caronas

Se você costuma ir de carro ao trabalho, converse com seus colegas para descobrir quem mora no mesmo bairro que você, ou costuma passar pela sua região. Revezando as caronas, cada um gasta metade do que gastaria todos os meses.

3. Leve sua marmita para o trabalho

Comer fora de casa está cada vez mais caro. Se a sua empresa possui uma cozinha onde é possível esquentar a comida, não hesite em levar sua marmita de casa. Você prepara os alimentos com antecedência, usa os temperos que prefere, gasta pouco e ainda economiza tempo.

4. Diminua o tempo de banho

Ninguém precisa mais do que sete minutos para tomar banho, então, por que você passa quase quinze minutos embaixo do chuveiro? Converse com a sua família e faça dos banhos com período reduzido um hábito de todos. Assim, você economiza água e energia elétrica, no caso dos chuveiros elétricos.

5. Troque a academia pelo parque

Se você frequenta a academia apenas para praticar exercícios físicos com certa regularidade, a fim de deixar o sedentarismo de lado, talvez valha a pena reavaliar a matrícula. Por que não substituir a academia pelo parque da cidade? Combinando exercícios funcionais – que não façam uso de halteres – com atividades aeróbicas, é possível aumentar o gasto calórico e render tanto quanto na academia.

6. Aposte em marcas diferentes

Provavelmente você possui produtos preferidos, de marcas cuja qualidade já comprovou. É hora de repensar e procurar alternativas. Muitas vezes, compensa abrir mão da qualidade para garantir economia. Avalie principalmente os itens de uso frequente, como sabão em pó, shampoo, creme dental e papel higiênico.

Você vai se interessar por:

Inflação desafia brasileiros

A inflação oficial do país, medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), fechou 2015 com uma alta de 10,67%, longe do teto da meta estipulada pelo Governo Federal, de 6,5%.

Divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) no início do mês, os dados revelam a maior alta do índice desde 2002. Isso significa dizer que há 13 anos o brasileiro não enfrentava uma variação tão grande nos preços dos produtos.

E os principais culpados para essa situação foram a energia elétrica e os combustíveis. De acordo com o IBGE, esses dois itens sozinhos são responsáveis por 24% da inflação acumulada no ano. O cenário não é animador, mas como você viu nas dicas, algumas atitudes simples são capazes de amenizar o problema.

 

Aprendeu como economizar dinheiro no dia a dia? Compartilhe as dicas!

metas de curto médio e longo prazo
quando vale a pena comprar título de capitalização
vale a pena comprar no crediario
como conseguir desconto na compra de livros
exemplos de produtos supérfluos
como pechinchar na internet