Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Como desfazer uma sociedade e evitar prejuízos

A- A+

Empresas abrem e fecham todos os dias. E não é raro que um dos sócios mude os planos na metade do percurso. Mas como desfazer uma sociedade da forma correta? Há diversas maneiras de fazer isso, uma para cada hipótese.

Contudo, qualquer uma delas deverá estar dentro das leis que regem as sociedades empresariais e também de acordo com o Código Civil, independentemente do motivo que levou à dissolução da empresa.

Conversando sobre como desfazer uma sociedade

É necessário seguir uma série de normas previstas em lei para dar fim à sociedade. Foto: iStock, Getty Images

Como desfazer uma sociedade

Se você se pergunta como desfazer uma sociedade, saiba que há uma regra básica para todas as organizações: quando um sócio deseja se retirar, ele deve avisar com 60 dias de antecedência para que seja realizada a alteração no contrato social.

Já quando um sócio morre, um dos herdeiros tem o direito de assumir sua cota de participação, caso tenha interesse. Caso contrário, haverá uma dissolução parcial e os valores do sócio falecido serão repartidos entre seus herdeiros diretos.

Quando um único sócio permanece ativo e todos os outros se retiram da empresa por mais de 180 dias, é preciso que o sócio ativo encontre outras pessoas para compor o capital. Caso contrário, será inviável a manutenção da empresa, sendo que a dissolução deve ocorrer em instância jurídica.

Se todos os sócios desejarem excluir um que não cumpre com suas obrigações – sejam contratuais ou referentes ao capital – ele pode ser excluído. Da mesma forma, quando ocorrer o contrário, ou seja, quando todos quiserem sair, a empresa pode ser dissolvida.

Já quando a sociedade apresentar um prazo determinado, um sócio só pode se retirar quando houver justa causa ou com o consenso de todos os participantes.

Em caso de falência, a dissolução ocorre em âmbito jurídico, em várias etapas. Nesse caso, a Justiça pode até determinar um administrador judicial, para recuperar a massa falida e evitar que a empresa encerre seu trabalho por má administração.

Acerte na escolha do sócio

É muito comum que, mesmo em negócios bem-sucedidos, depois de algum tempo, um dos sócios pense em sair por inúmeras razões: desde divergências administrativas, divórcio (quando os sócios são casados) ou mesmo por novas oportunidades que podem surgir com o passar do tempo.

Para minimizar a chance de problemas ao longo do percurso, a melhor maneira é escolher com cuidado seu parceiro de negócios. A dica é colocar as afinidades profissionais em primeiro lugar, deixando em segundo plano o grau de amizade ou parentesco.

Você vai se interessar por:

Economizar é preciso

Seja com a sociedade mantida ou desfeita, é preciso estar atento às oportunidades de economia. Que tal realizar transações bancárias sem pagar taxas por isso? Com o Vivo Zuum, uma conta pré-paga gerenciada pelo celular, você pode fazer pagamentos, transferências e até mesmo recarga de celular – tudo isso sem mensalidade. Se preferir, pode adquirir o cartão Vivo Zuum para fazer compras no débito e saques.

> Vivo Zuum: Tenha conta corrente com cartão, sem banco, sem complicação

Aprendeu como desfazer uma sociedade? Compartilhe as dicas!

Pokémon Go
como lucrar vendendo artesanato
como lucrar vendendo cosméticos
como abrir uma academia de ginástica
como abrir uma pizzaria
como montar uma drograria