Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Como controlar os gastos da viagem ao sair de férias

A- A+

As férias escolares estão chegando, trazendo o merecido descanso – sobretudo para quem tem crianças menores. Para muitos, é uma oportunidade de passar uns dias longe de casa. Mas como controlar os gastos da viagem? Veja neste artigo algumas dicas que certamente vão lhe ajudar a não extrapolar no orçamento.

Eles sabem como controlar os gastos da viagem

Separar um valor para gastos extras é fundamental para evitar surpresas na viagem. Foto: iStock, Getty Images

Como controlar os gastos da viagem

Quer aprender como controlar os gastos da viagem e sair de férias tranquilo? Economize no passeio com as sete ótimas dicas a seguir.

1. Planeje

Por menor que seja o passeio, sempre há gastos. Até mesmo um fim de semana na praia pode colocar em risco a sua conta bancária. Por isso, a primeira medida é fazer um planejamento de gastos. Coloque na ponta do lápis os custos que estão envolvidos na viagem como alimentação, combustível, lazer e hospedagem.

2. Capriche na mala das crianças

Se você tem filhos pequenos, lembre-se que sempre pode haver um gasto extra – como aqueles souvenirs que são vendidos em qualquer cidade turística. Também é importante levar uma boa provisão de roupas para os pequenos. Isso evitará gastos desnecessários após eventuais estragos, como manchas ou rasgos. Lembre-se que, dependendo de onde estiver, não terá tempo de fazer uma pesquisa de preços.

3. Contabilize gastos extras

Além de separar o orçamento necessário para as atividades previstas, os educadores financeiros aconselham a levar sempre 20% a mais. Essa é a média de gastos extras em viagens – desde uma refeição mais cara até os presentinhos que são comprados para a família.

4. Faça um cheklist

Preparar uma lista de itens que não podem faltar ajudará a economizar. Em cidades turísticas, tudo é mais caro. Então, lembre-se de levar protetor solar, chapéu, guarda-chuva, enfim, tudo aquilo que você já tem em casa, para que não seja preciso comprar novamente – e com preços mais altos.

5. Pesquise valores de hospedagem

Ficar em hotel é bom e confortável, mas nem sempre garante a melhor qualidade. Em muitas cidades, optar por pousadas pode sair bem mais em conta e, de quebra, você ainda poderá ter um ambiente aconchegante e um café da manhã bem servido.

6. Utilize programas de milhagem

Se você pretende viajar de avião, utilize a pontuação do seu cartão de crédito para os programas de milhagens. Dessa forma, você pagará uma parte das passagens – ou até mesmo a totalidade delas.

7. Procure refeições de baixo custo

Em uma viagem, a hospedagem e o lazer costuma ser os itens mais onerosos. No entanto, se você quiser comer todos os dias em bons restaurantes, sua conta bancária pode entrar no vermelho rapidinho. Procure poupar na alimentação, fazendo refeições mais simples e cozinhando na pousada sempre que possível.

Você vai se interessar por:

Proteção para o seu celular

Durante uma viagem, é bom estar atento aos imprevistos. Se o celular é indispensável para você, que tal cuidar melhor dele? Você pode evitar o prejuízo financeiro em caso de roubo, quebra e outros acidentes com o seu aparelho. O Vivo Multiproteção Celular oferece proteção para aparelhos novos, em caso de roubo ou furto qualificado e cobertura adicional contra danos materiais ao celular. Você também concorre a sorteios mensais de R$ 10 mil.

> Vivo Multiproteção Celular: Proteja seu aparelho contra roubo, furto, quebra e imersão em água

Já sabe agora como controlar os gastos da viagem? Compartilhe as dicas!

queda do dólar
viajar para a China
viajar para a Tailândia
juros cobrados no cartão de crédito
tempo é dinheiro?
como fazer um plano financeiro