Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Como contribuir para o INSS pode ter se tornado um negócio melhor

A- A+

Ainda há muito a ser discutido – e aprovado – em relação às novas regras da aposentadoria. Ainda assim, grande parte dos especialistas vêm levantando uma hipótese interessante: quem sabe como contribuir para o INSS se deu bem, pois pode se aposentar com o teto, que hoje é de R$ 4.663,75.

Como contribuir para o INSS: entenda as mudanças na aposentadoria

Pode parecer complicado, mas a nova regra para aposentadoria, chamada 85/95 e que passou a valer em junho, simplificou o cálculo do valor a receber. A boa notícia é que esse valor foi puxado para cima. Dessa forma, quem sabe como contribuir para o INSS acaba fazendo um melhor negócio do que outros investimentos para garantir a segurança financeira na terceira idade.

Agora, mulheres que somam 85 pontos e homens que somam 95 pontos podem se aposentar ganhando o valor máximo. A pontuação é a soma da idade do segurado com o tempo de contribuição (35 anos de contribuição e 50 de idade para mulheres, por exemplo, cuja soma dá 85).

seudinheiro-como-contribuir-para-o-inss

O benefício de pessoas que queriam se aposentar antes dos 65 anos era reduzido. Foto: Camila Domingue, Palácio Piratini, Divulgação

Antes da regra 85/95, a forma como contribuir para o INSS sempre empurrava o valor para baixo. O chamado fator previdenciário, que servia como base de cálculo, levava em conta o tempo de contribuição, a idade, a expectativa de vida do segurado e um multiplicador de 0,31. Com essa fórmula, o benefício de pessoas que queriam se aposentar antes dos 65 anos era reduzido.

Entenda como contribuir para o INSS a partir de agora

Na realidade, a forma de como contribuir para o INSS não mudou. O que mudou foi o cálculo, que está bem mais simplificado. A nova fórmula pode ser significativa para pessoas que estejam próximas da aposentadoria.

Em função do veto da presidente Dilma Rousseff à medida provisória 664, que instituiu as novas regras, muita gente pensa que ela não está valendo. Porém, o ministro da Previdência e Assistência Social, Carlos Gabas, esclareceu na metade de junho que, mesmo com muitos aspectos a serem definidos e votados ainda, é como se a medida estivesse valendo até 2016.

A grande discussão se dá em torno da progressão na pontuação necessária, que ocorreria a partir de 2017 para companhar o aumento da expectativa de vida. Então, conforme esclareceu o ministro, só dentro de dois anos é que a situação irá evoluir de acordo com que o for votado.

Portanto, ainda que a sua aposentadoria não esteja tão próxima, é interessante entender como contribuir para o INSS da maneira que você possa se aposentar com o valor máximo. As agências do INSS também podem prestar esclarecimentos, assim como o telefone da Previdência, o 135.

Você tem uma boa dica? Deixe seu comentário.

como funciona a aposentadoria por invalidez
o que é previdência complementar
tempo de aposentadoria por idade
melhor lugar para trabalhar
aporte em previdência privada
Já sabe o que fazer quando terminar a faculdade