Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Como conquistar a saúde financeira para maiores de 50 anos

A- A+

Nunca é tarde para começar a cuidar das finanças. Por isso, a saúde financeira para maiores de 50 anos é algo totalmente possível. Entretanto, é necessário um esforço muito maior do que no início da vida adulta.

Saúde financeira para maiores de 50 anos

Com organização e controle, é possível alcançar a desejada tranquilidade financeira. Foto: iStock, Getty Images

Saúde financeira para maiores de 50 anos

Enquanto as pessoas mais jovens têm um prazo maior para se recuperar de uma crise financeira, ou mesmo para reconstruir seu patrimônio no caso de perderem tudo, os veteranos não têm tanto tempo a perder.

E não é apenas uma questão de prazo. Após os 50 anos, os gastos relativos à saúde aumentam consideravelmente. Além de uma necessidade maior de medicamentos, os planos de saúde se tornam mais onerosos à medida que a idade aumenta. É nessa época que costuma crescer também a preocupação com a aposentadoria.

Via de regra, o indivíduo com mais de 50 anos deve seguir as regras básicas de educação financeira, idênticas àquelas indicadas para uma pessoa jovem. Mas tendo em vista essas particularidades, ele deve ser ainda mais econômico. No que se refere aos investimentos, é melhor dar preferência a produtos de rentabilidade acima da média, como os fundos de investimento imobiliário.

Organize suas contas

Se você busca dicas de saúde financeira para maiores de 50 anos, confira quatro passos fundamentais no caminho da estabilidade e tranquilidade no bolso.

1. Adote a planilha financeira

Não é porque você chegou aos 50 que vai ficar isento das regrinhas básicas de controle financeiro. O primeiro passo é fazer uma planilha e anotar seus rendimentos e seus gastos – todos eles, sem exceção, inclusive os menores.

2. Separe um percentual para a aposentadoria

Há uma estimativa que indica que, nos últimos dez anos de vida, gasta-se mais do que a vida toda – sobretudo com problemas de saúde. Por isso, a prevenção é o melhor caminho. É necessário separar uma reserva mensal para não faltar recursos após sua aposentadoria.

3. Calcule gastos com os filhos

Se você tem o hábito de ajudar filhos e netos, mesmo que esporadicamente, registre esse dado na sua planilha. Se precisa ajudar mensalmente, converse com eles para repensar essa situação. Muitas vezes, morar na mesma casa pode ser uma saída para economizar.

4. Veja o que se pode cortar

É claro que você também merece desfrutar um pouco dos prazeres da vida. Mas avalie o que pode ser reduzido ou eliminado, pensando em seu bem-estar no futuro. Há muitas opções de atividades com desconto ou mesmo gratuitas, especialmente conforme a idade avança, incluindo passeios e grupos de dança.

Você vai se interessar por:

Compre com descontos

Quer mais uma boa dica para alcançar a saúde financeira? Faça as suas compras pagando menos? Para aproveitar as melhores promoções, conheça o Vivo Descontos. Com esse serviço, você terá direito a cupons de desconto e promoções em restaurantes e lojas das melhores marcas do Brasil. Ao se cadastrar, você recebe ofertas exclusivas com link direto para página e ainda dicas básicas de planejamento financeiro para planejar melhor seus gastos e fazer seu dinheiro render mais.

> Vivo Descontos: Receba cupons ilimitados por SMS, internet ou aplicativo de smartphones

Saúde financeira para maiores de 50 anos: você está no caminho? Comente!

metas de curto médio e longo prazo
quando vale a pena comprar título de capitalização
Dicas para quem pensa em vender bens para pagar dívidas
seudinheiro-Compras-de-supermercado
sair da casa dos pais
sonho de consumo