Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Como começar um negócio de salgados para festas

A- A+

Está procurando uma forma de ter seu próprio negócio e faturar mais? O setor de alimentação é sempre propício para isso. Saber como começar um negócio de salgados para festas pode ser a porta de entrada para o mundo do empreendedorismo.

Entretanto, é preciso entender não apenas de cozinha, mas também de outros itens, como planejamento – de negócios e financeiro, orçamento e compras – para que suas atividades tenham andamento e mantenham a lucratividade.

Ideia de como começar um negócio de salgados

Fazer um curso é uma boa dica para aperfeiçoar seu talento em preparar salgados. Foto: iStock, Getty Images

Como começar um negócio de salgados

Quer aprender como começar um negócio de salgados para festas? Confira as seis dicas a seguir que são parte indispensável da sua estratégia para empreender com sucesso.

1. Estude

Antes de começar a produção em maior escala, é importante fazer cursos na área. Você precisará aprender sobre montagem dos salgados, equipamentos e utensílios, entrega delivery, clientes de atacado, compra e armazenagem. Conforme dados do Sebrae, 70% do custo do produto está no recheio. Por isso, é essencial entender bastante de números.

2. Utensílios

Inicialmente, pode ser que você não necessite de muita coisa. Além da matéria-prima, precisará de um forno, algumas facas e forminhas para itens específicos. Mas como o tempo, a necessidade de maquinário pode surgir.

Uma máquina para salgados, conforme o Sebrae, pode custar em torno de R$ 30 mil, porém eleva a produção de tal forma que você conseguirá atender um número muito maior de clientes.

3. Registro empresarial

Muitas pessoas começam a produzir alimentos de maneira informal. Entretanto, assim que você perceber que está dando certo, é importante registrar um CNPJ e trabalhar de forma legalizada.

Atualmente, a opção de Microempreendedor Individual (MEI) é muito prática e paga-se apenas uma pequena taxa mensal para contribuir com o INSS. Além disso, possuir um registro abre portas para fornecer para empresas, que geralmente precisam de nota fiscal.

4. Cálculos

Assim como qualquer outro produto no ramo alimentício, para começar um negócio de salgados, você precisará fazer uma média das quantidades de ingredientes que precisa por mês ou quinzena. Isso facilitará na hora de comprar por atacado, pois à medida que as encomendas crescem, você precisará de mais tempo para produzir.

5. Divulgação

Certamente, você já ouviu falar que “a propaganda é a alma do negócio”. Por isso, fazer um panfleto ou mesmo um cartão de visita é importante. Além disso, investir em fotos profissionais para divulgação e fazer uma lista de preços bem apresentada (para as ocasiões em que for mandar por e-mail) passa uma impressão de maior profissionalismo.

6. Entrega

Uma grande quantidade de salgados para uma festa exige uma forma de entrega. Se não tiver um veículo, é importante pensar em um meio de fazer o produto chegar até o cliente no horário combinado. Da mesma forma, pensar nos meios de pagamento é essencial para evitar problemas.

Você vai se interessar por:

Economizar é parte do sonho

Se você tem o sonho empreendedor e pensa em começar um negócio, deve estar atento às oportunidades de economia. Que tal realizar transações bancárias sem pagar taxas por isso? Com o Vivo Zuum, uma conta pré-paga gerenciada pelo celular, você pode fazer pagamentos, transferências e até mesmo recarga de celular – tudo isso sem mensalidade. Se preferir, pode adquirir o cartão Vivo Zuum para fazer compras no débito e saques.

> Vivo Zuum: Tenha conta corrente com cartão, sem banco, sem complicação

Aprendeu como começar um negócio de salgados? Compartilhe as dicas!

Pokémon Go
como lucrar vendendo artesanato
como lucrar vendendo cosméticos
Saiba como ganhar uma renda extra com aluguel
como abrir uma academia de ginástica
como abrir uma pizzaria