Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Como começar um negócio de bolsas artesanais em casa

A- A+

Você tem talento para corte e costura, mas não quer ingressar no segmento de vestuário? Há outros produtos nos quais pode empregar esse conhecimento e gerar renda. Que tal aprender como começar um negócio de bolsas? De forma artesanal, você pode empreender sem sair de casa.

Precisa de mais um motivo para tocar essa ideia? Conforme dados do Sebrae, o segmento de bolsas de couro está encaixado em um nicho de negócios – que agrega sapatos, cintos, carteiras e outros acessórios – que movimenta um PIB estimado de US$ 3,5 bilhões ao ano. Garanta sua fatia nesse mercado.

Ela sabe como começar um negócio de bolsas

Com criatividade, qualquer material serve para desenvolver uma linda bolsa. Foto: iStock, Getty Images

Como começar um negócio de bolsas

Para fazer bolsas de couro, é possível trabalhar de duas formas. O empreendedor pode optar por cumprir todas as etapas da produção, mas, para isso, precisará investir no material completo, incluindo maquinário e mão de obra.

Para começar um negócio de bolsas, são necessárias máquinas específicas para cortar, costurar e todos os demais processos. Mas também se pode agregar outros produtos ao negócio, como bolsas e carteiras.

Por outro lado, para quem gosta (e entende) de design de bolsas, é possível investir somente na criação e terceirizar todo o processo de produção. Essa é uma prática bastante utilizada por designers, mas é necessário dominar realmente o desenho, os moldes e criar uma marca para a venda.

Se preferir, também é viável – e até mais prático – trabalhar com material alternativo. Dependendo do tamanho da bolsa, você não precisa de muitos equipamentos e pode montá-la inteiramente nos mais diversos tamanhos e formatos.

A vantagem desse tipo de produto é que ele se torna exclusivo. Afinal, você dificilmente conseguirá repetir o resultado de um trabalho artesanal. Mesmo nessa modalidade, ainda é possível empregar o couro. Comprar retalhos agregará valor ao seu produto, e sairá mais barato para você.

A grande vantagem em trabalhar dessa forma é que absolutamente tudo pode virar matéria-prima para uma bolsa: retalhos de tecido, tricô, crochê e até mesmo materiais recicláveis.

Ainda que você possa criar à vontade, é importante buscar a segmentação. Isso significa que você precisa definir um público para as vendas – seja por faixa etária, poder aquisitivo ou por estilo. Há marcas que investem, por exemplo, na temática Rock n’ roll, apostando em materiais que lembram músicas e até mesmo algumas bandas.

O melhor é buscar um estilo com o qual você se identifique. Além do molde, você pode aproveitar sobras de material para produzir pequenos detalhes que podem fazer uma enorme diferença na apresentação da bolsa.

Divulgação é tudo

Você aprendeu como começar um negócio de bolsas, mas não pare por aí. Outro ponto importantíssimo é a divulgação dos produtos. Nesse quesito, as redes sociais são uma excelente alternativa para que as pessoas conheçam seu trabalho. Cada peça produzida deve ser fotografada, o que permite vender pelo Instagram ou Facebook, por exemplo.

Outra alternativa de divulgação – um pouco mais trabalhosa, mas muito válida – é fazer uma montagem das bolsas junto a roupas que combinem. Assim, fica mais fácil para as futuras clientes visualizarem as produções de moda que poderão usar no seu dia a dia.

Você vai se interessar por:

Economizar é parte do sonho

Se você tem o sonho empreendedor, deve estar atento às oportunidades de economia. Que tal realizar transações bancárias sem pagar taxas por isso? Com o Vivo Zuum, uma conta pré-paga gerenciada pelo celular, você pode fazer pagamentos, transferências e até mesmo recarga de celular – tudo isso sem mensalidade. Se preferir, pode adquirir o cartão Vivo Zuum para fazer compras no débito e saques.

> Vivo Zuum: Tenha conta corrente com cartão, sem banco, sem complicação

Aprendeu como começar um negócio de bolsas? Compartilhe as dicas!

Pokémon Go
como lucrar vendendo artesanato
como lucrar vendendo cosméticos
como abrir uma academia de ginástica
como abrir uma pizzaria
como montar uma drograria