Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Como começar a vender produtos de beleza pela internet

A- A+

Para muitas pessoas, vender produtos de beleza deixou de ser um complemento de renda para se tornar a atividade principal. E as facilidades da internet podem ajudar muita gente a ganhar mais dinheiro por esse caminho.

Recentemente, as marcas de cosméticos passaram a disponibilizar um recurso que até então era privilégio somente das empresas. Agora, as consultoras contam com um página no site da empresa. É uma espécie de perfil, a partir do qual os clientes podem comprar produtos, sendo repassada a comissão para determinada vendedora.

E mesmo quem não conhece pode encontrar esses perfis. Os sites de cosméticos geralmente contam com um link como “encontre uma consultora”, onde você seleciona a localização de interesse. Assim, aparece uma lista com os representantes da marca que estão na área de abrangência selecionada por você.

Muitas marcas já concedem esse vantagem aos interessados, porém o uso não é obrigatório. Natura, Mary Kay, Jequiti e O Boticário estão entre as empresas do ramo de cosméticos que já disponibilizam a rede de fornecedores em seus sites.

Mulher começando a vender produtos de beleza.

Além da diversão: ferramentas da web podem ser usadas a favor dos seus negócios. Foto: iStock, Getty Images

Onde vender produtos de beleza online

São pelo menos cinco os canais disponíveis para começar a vender produtos de beleza sem sair de casa. Confira dicas para usar bem cada um deles:

Facebook

É grande o números de consultoras e consultores (sim, os homens estão entrando nesse mercado) que utilizam redes sociais como o Facebook para incrementar suas vendas. A possibilidade de postar fotos, vídeos e de receber comentários dos clientes aumenta muito o potencial de negócios.

A rede, nesse caso, acaba se tornando uma vitrine. A dica é fazer um perfil somente para esse assunto, ou ainda criar grupos fechados, onde se pode postar somente para pessoas interessadas. Facilita muito e gera resultados.

WhatsApp

Esse canal de comunicação disponível via celular oferece agilidade e comodidade ao mesmo tempo. Assim como no Facebook, é possível fazer negócios de forma individual ou ainda criar grupos de conversação sobre os produtos.

E-mail

Ainda que pareça ultrapassado, o e-mail continua sendo uma ótima ferramenta de comunicação. É ideal para clientes que não gostam de redes sociais (ou não sabem lidar muito com elas). Além disso, a mensagem fica ali até ser lida, diferentemente das redes, onde muitas vezes “perde-se” a publicação em meio a tantas outras.

Youtube

Canais de vídeo, como o Youtube, podem render bons lucros. Você pode abusar da criatividade – seja para falar sobre um produto específico ou mesmo para fazer tutoriais de maquiagem. As clientes apreciam bastante esse tipo de atitude, o que pode elevar suas vendas.

Blog

Pode ser um pouco mais trabalhoso no início, mas investir em um blog também pode ser interessante. Além de fazer posts interessantes, você ainda pode compartilhá-los em outras redes sociais.

Não esqueça do contato pessoal

Embora seja útil fazer publicações nas redes sociais e usar a internet para vender produtos de beleza, a comunicação pessoal com os clientes também não pode ficar de lado. Afinal, quando o recado é muito genérico, ele pode passar despercebido.

Por isso, reforçar alguns pontos com um atendimento personalizado pode trazer mais resultados. Mas tudo isso, claro, pode ser adaptado também por meio de ferramentas da internet.

Você vai se interessar por:

Gostou das dicas para vender produtos de beleza na internet? Compartilhe!

Pokémon Go
como lucrar vendendo artesanato
como lucrar vendendo cosméticos
como abrir uma academia de ginástica
como abrir uma pizzaria
como montar uma drograria