Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Como calcular preço de venda: veja 4 fatores a ser levados em conta

A- A+

Se você está pensando em começar um negócio e não está familiarizado com a administração, é possível que você não saiba como calcular preço de venda de seu produto ou serviço. Mas essa definição é fundamental para qualquer empresa, já que ela vai ser determinante para o sucesso ou fracasso dos seus resultados.

Empresário aprendendo a como calcular preço de venda.

Saber como calcular preço de venda de seu produto ou serviço é determinante para o sucesso dos resultados. Foto: iStock, Getty Images

Aprenda como calcular preço de venda em 4 dicas

Para saber como calcular preço de venda, você precisa levar alguns fatores em consideração, que são essenciais para a obtenção de bons resultados. Veja abaixo quatro dicas elaboradas pela analista de marketing e comunicação do Sebrae do Distrito Federal, Christiane de Souza Gnone.

  1. Custo de Mercadoria Vendida – CMV

Esse indicador se refere ao custo de entrada da mercadoria ou matéria prima no estabelecimento. De acordo com a especialista, na maioria das vezes, esse valor é diferente do valor de aquisição. Isso acontece porque, no CMV, estão inclusos fretes, IPI, ICM e outros.

  1.  Margem de contribuição

Esse item diz respeito a qual a participação esse produto terá no faturamento total da empresa. Para saber qual a melhor definição para esse valor, que é um dos itens mais importantes entre os citados, são vários os fatores a ser levados em conta, especialmente a concorrência e o mercado.

  1. Incidências totais

Nas incidências totais, entram os principais tipos de encargos e despesas com a logística da mercadoria e da matéria-prima utilizada em seu negócio. Isso inclui impostos, comissões, frete de entrega, entre outros encargos que precisam ser pagos.

  1. Expectativas

Aqui, mais uma vez entra um pouco da questão pessoal do empreendedor. Quanto você quer lucrar? Em quanto tempo? Quais os resultados quer ter com o negócio? Mas atenção: é preciso que essas expectativas estejam dentro de uma realidade de mercado. Tentar atingir resultados mais rápido do que o tempo necessário pode gerar prejuízos para o seu negócio, com quedas nas vendas e pouca procura pelos seus produtos.

Concorrência e mercado devem ser levados em conta

Além dos fatores já mencionados, outros aspectos de concorrência e mercado devem ser levados em conta. Com o advento da internet, o consumidor consegue pesquisar o preço em vários concorrentes com apenas um clique.  

“O mercado está cada vez mais competitivo e para a maioria dos clientes o preço é sim um fator determinante para decidir onde comprar, salvo alguns casos de produtos e serviços muito específicos onde o preço não é um fator determinante como por exemplo uma consulta com um médico especialista renomado”, explica Christiane.

De acordo com ela, a prática de preços de venda fora da realidade, seja para cima ou para baixo, pode atrapalhar o resultado final. “Enquanto o preço alto para um produto ou serviço que não seja exclusivo pode atrapalhar, um produto abaixo do preço de mercado pode gerar desconfiança quanto a sua procedência”, alerta.

Você vai se interessar por:

E aí, gostou de saber um pouco mais sobre como calcular preço de venda com essas dicas? Então aproveite para compartilhar este conteúdo!

Pokémon Go
como lucrar vendendo artesanato
como lucrar vendendo cosméticos
Unrecognizable buying organic rice in store, blank label
como abrir uma academia de ginástica
como abrir uma pizzaria