Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Como aproveitar a decoração de quarto infantil por mais tempo

A- A+

Quando se fala em decoração de quarto infantil para meninos, logo vêm à mente alguns móveis mirabolantes envolvendo carrinhos e outros motivos que eles tanto apreciam. Mas em tempos de crise, pensar em algo mais duradouro é a melhor escolha.

Sobretudo quando se trata de uma criança já em idade escolar, projetar uma decoração que possa ser modificada facilmente – e reaproveitada depois – pode representar um grande alívio para o bolso. E é sempre válido lembrar que crianças têm outras prioridades, como roupas, calçados e material escolar.

Decoração de quarto infantil

Quarto de menino pode ser adaptado conforme o tempo passa, gerando menos custo. Foto: iStock, Getty Images

Sugestões de decoração de quarto infantil

Quer dicas de decoração de quarto infantil para o cantinho do seu filho? Veja a seguir algumas boas ideias, conforme a faixa etária do menino:

Dos 4 aos 6 anos

Quando é um quarto de bebê, ele não foge muito à regra: cores suaves e motivos comuns são facilmente combinados e sempre ficam bem. Mas quando os meninos crescem um pouco e já elegem seus personagens preferidos, a mudança pode ser necessária.

Nesse fase, muitas adaptações podem ser realizadas da antiga decoração. Os borders de parede já podem ser retirados e uma nova cor de tinta pode ser aplicada – ou ao menos retocada. O antigo berço pode ser transformado em um sofazinho para receber amiguinhos. Basta retirar a grade e colocar almofadas nas laterais.

Se vai comprar algum móvel, aposte em uma cama infantil. No Vivo Compras, um modelo que simula um carro pode ser encontrado a partir de R$ 335. Esse é um item que confere um visual totalmente novo ao dormitório.

No universo masculino, tudo é mais simples. Alguns quadros diferentes ou brinquedos – como uma cesta de basquete – podem completar a decoração com grande estilo, e sem levar os pais à falência.

Dos 7 aos 10 anos

Com o início da fase escolar, é necessário incluir a escrivaninha na decoração. Afinal, agora haverá uma jornada de temas de casa e estudos. Nesse sentido, o espaço precisa se readequar para as novas necessidades do menino.

Isso não exclui o lado lúdico – a cesta de basquete não precisa sair de cena – mas requer uma nova cama, desta vez maior. A partir de agora, os “meninos grandes” nem sempre querem os motivos tão infantis. Os personagens favoritos continuam valendo, mas talvez não precisem ornamentar todo o quarto.

A partir dos 11 anos

O início da pré-adolescência marca mudanças importantes na vida e no gosto estético deles. Para muitos, é hora de substituir os personagens por ídolos reais, como seus cantores ou esportistas preferidos.

Mas aqui já não é preciso tantas alterações. Uma cor diferente na parede, alguns quadros e acessórios decorativos e a retirada dos itens mais infantis dão conta do recado.

Fique com a dica final

Como se pode perceber, diversos itens podem ser substituídos, mas muitos também podem ser adaptados ao longo do tempo. Para isso, é importante investir em móveis de cores neutras, deixando os tons mais vibrantes para roupas de cama, cortinas e almofadas, que têm um preço mais em conta.

Você vai se interessar por:

Monte seu quarto no Vivo Compras

Antes de comprar qualquer novo artigo para a decoração de quarto infantil, é importante comparar os preços e as condições de pagamento. O Vivo Compras traz mais de 850 mil produtos para escolher em diferentes lojas virtuais, através do mesmo carrinho.

> Vivo Compras: Encontre os melhores preços para suas compras

Gostou das dicas para montar o novo quarto do seu filho? Compartilhe!

vale a pena usar roupas de marca
feiras de trocas
Comprar tablet
Mulher entende o que é carnê-leão
Comprar smart tv
micro-ondas ou forno elétrico