Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Começar a correr é uma alternativa para fazer atividade física sem gastar

A- A+

Mais do que o esporte da moda, a corrida é uma das atividades físicas mais completas para o condicionamento aeróbico. Começar a correr pode ajudar você a melhorar a resistência, a força, perder alguns quilos e ainda tem a vantagem de não ter custos, se comparado com os valores cobrados por academias de musculação e crossfit.

As vantagens de começar a correr

A prática de atividades físicas é defendida entre os médicos como uma das principais formas de evitar doenças. Começar a correr, por exemplo, é um caminho para reduzir os percentuais de gordura do corpo, melhorar a circulação e a resistência, condições que ajudam a prevenir situações como diabetes ou insuficiências respiratórias.

Começar a correr

Começar a correr reduz risco de morte e ainda ajuda a economizar com academia. Foto: iStock, Getty Images

Um estudo publicado no Journal of the American Medical Association mostra que começar a correr, em intensidade moderada, pode reduzir as chances de morte em até 44% e aumentar a expectativa de vida dos homens em até 6 anos e das mulheres em até 5 anos. Isso porque a corrida pode melhorar a absorção do oxigênio e reduzir a pressão arterial.

O mesmo foi observado em taxas do mau colesterol (LDL), que são reduzidas, enquanto o bom colesterol (HDL) sofre estímulo de produção. O controle de impulsos nervosos, como ansiedade e o estresse, também tem melhorias com a prática desse esporte. Essas condições impactam de forma positiva no funcionamento do cérebro e retardam doenças como o Mal de Alzheimer.

Uma boa ideia ao bolso

Começar a correr também é uma escolha vantajosa do ponto de vista financeiro para quem quer praticar uma atividade física. Isso porque é um esporte que pode ser praticado na rua, de forma independente, sem a necessidade de pagar pelo uso de uma infraestrutura como a das academias ou pelo serviço de personal trainer.

As mensalidades de academias de musculação, apesar de estarem vinculadas a programações flexíveis e abrangentes na maior parte dos casos, podem pesar bastante no bolso. Estabelecimentos mais populares, como a rede de franquias Smart Fit, oferecem custos mensais de R$ 49,90. Porém, outros mais completos, como a rede Tonu’s, cobram em média R$ 160.

A diferença também pode ser observada na prática de esportes como a natação. Também benéfica para o fortalecimento muscular e a melhora no condicionamento físico, essa atividade custa em média R$ 110 em escolas como as da rede SESC em São Paulo.

Você vai se interessar por:

Previna-se antes de começar a correr

Mas o fato de não ser preciso pagar por um profissional para começar a correr não significa que você não deva tomar alguns cuidados preventivos com a saúde. É importante que você procure um médico especializado em esportes ou prevenção para garantir que você tenha condições físicas de praticar a atividade e descobrir em qual intensidade deve começar.

Além disso, o especialista Marcelo Leitão indica, através da Sociedade Brasileira de Medicina do Exercício e do Esporte, que é preciso ouvir o corpo. A dor é o primeiro mecanismo de alerta de que algo não vai bem. O médico também aconselha o uso de calçados adequados e procurar locais onde a superfície seja plana, para evitar riscos de queda ou entorse. A atenção é o fator chave.

 

Você tem uma boa dica para quem deseja começar a correr? Comente!

vale a pena usar roupas de marca
feiras de trocas
como abrir uma academia de ginástica
como montar uma drograria
esteira ou bicicleta ergométrica
dicas para comprar uma boa esteira