Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Cobertura do seguro de casa: veja o que está protegido

A- A+

Ao contratar um serviço para proteger sua casa, você precisa ter atenção. A cobertura do seguro é bastante flexível e personalizável, e a apólice vai depender das necessidades do segurado.

expansão imobiliária tem aumentado a contratação do seguro residencial. “Com o aumento da aquisição de imóveis, cresce a sensação dos proprietários em relação à necessidade de se proteger o patrimônio conquistado”, explica Neival Freitas, diretor executivo da Federação Nacional de Seguros Gerais (FenSeg).

“Esse mercado é altamente competitivo. Existem mais de 30 seguradoras atuando e oferecendo coberturas de seguro diferentes para cada proprietário”, afirma Freitas.

cobertura-do-seguro

Na hora de assinar o contrato fique atento ao que está e não está incluso. Foto: iStock, by Getty Images

Diante desse cenário, o interessado em adquirir o serviço precisa pesquisar preços e saber detalhadamente qual tipo de cobertura do seguro é mais adequado para seu caso.

Cobertura do seguro de casa é bastante variável

A cobertura do seguro está especificada no contrato. A mais simples e obrigatória em todas as contratações cobre danos com incêndios, queda de raios e explosões. Esse tipo de seguro cobre tanto os danos à estrutura do imóvel quanto e aos bens do interior da residência.

A depender do interesse do segurado, ele pode adicionar itens à cobertura do seguro de acordo com suas necessidades e disponibilidade financeira, já que quanto maior a quantidade de itens, maior será o custo do seguro.

Entre os itens adicionais presentes em coberturas de seguros estão danos provocados por fenômenos da natureza: vendavais, ciclones, furacões, tornados, terremotos e alagamentos. Esses itens são mais indicados para pessoas que moram em regiões com alta incidência desses fenômenos.

Impactos de veículos aéreos ou terrestres também podem fazer parte da cobertura do seguro. Esse tipo de adicional é indicado para quem mora em casas de esquina ou em ruas muito movimentadas.

A cobertura também pode incluir prejuízos causados por descargas elétricas, podendo ou não cobrir danos a aparelhos eletrônicos. Quebra de vidros é outro item bem comum em seguros de casa.

Criminalidade é um dos pontos que pedem seguro de casa. Foto: iStock, by Getty Images

Criminalidade é um dos pontos que pedem seguro de casa. Foto: iStock, by Getty Images

Quem mora em regiões com altos índices de assalto pode optar por uma cobertura que cubra roubos ou furtos. Os objetos segurados devem estar explicitados no contrato. E o seguro só cobre se realmente existir evidências de assalto ou invasão domiciliar.

Caso o segurado trabalhe em casa, existe a opção de escolher um seguro de escritório em residência. Perda e pagamento de aluguel é outra cobertura adicional. Nesse caso, a seguradora é obrigada a pagar aluguel caso o proprietário esteja impossibilitado de ficar na residência segurada em virtude de incêndio, por exemplo.

Outro adicional bem comum é o de Responsabilidade Civil Familiar, que cobre gastos advocatícios ou judiciais em caso de danos causados a terceiros dentro da residência.

Cobertura do seguro pode não incluir assistência

O contrato especifica a cobertura do seguro. Ele pode ser apenas para o imóvel, para os bens no interior dele ou os dois casos. Na hora de assinar o contrato, o segurado precisa estar atento às exclusões da cobertura.

As principais delas são referentes a obras de arte, joias, jardins e coleções de vinhos, por exemplo. Documentos, dinheiro, alimentos, cosméticos e remédios também ficam fora da cobertura. O mesmo acontece com danos causados por falhas no projeto ou na estrutura do imóvel.

No caso de serviços de assistência 24 horas, eles são contratados à parte.

Seguro para seus bens

Clientes Vivo podem contratar seguro residencial que garante, entre outras coberturas, proteção contra incêndio, raio e explosão. A apólice garante o pagamento de uma indenização, quando ocorrer danos à sua residência ou ao seu conteúdo.

O seguro cobre ainda prejuízos decorrentes de roubo ou furto qualificado, de problemas causados por danos elétricos e  Responsabilidade Civil Familiar.

> Seguros para seus bens: Proteção da sua casa até sua bolsa, mochila e carteira

Este artigo lhe fez lembrar de alguém? Compartilhe!

É importante entender de finanças bem antes de sair de casa.
como lidar com a avareza
abrir uma empresa de contabilidade
Queda do consumo das famílias brasileiras
Comprar casas em Orlando é opção
Como é morar no campo