Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Cobertura de planos de saúde é atualizada. Saiba o que mudou

A- A+

Você já está por dentro das novas regras de cobertura de planos de saúde? A relação sofreu atualização e a Associação de Consumidores (Proteste) alerta para a importância de os usuários conhecerem seus direitos, denunciando caso algum deles não seja respeitado.

O que muda na cobertura de planos de saúde

Quem utiliza planos de saúde individuais e coletivos passa a ter direito a mais 21 procedimentos. Segundo a Agencia Nacional de Saúde Suplementar (ANS) o novo rol inclui exames laboratoriais e amplia o número de consultas com especialistas.

A medida, de acordo com a ANS, vai beneficiar 50,3 milhões de consumidores em planos de assistência médica e outros 21,9 milhões de beneficiários com planos exclusivamente odontológicos.

Saber a cobertura de planos de saúde ajuda na segurança da sua família.

Mudança atinge vários exames, consultas e procedimentos obrigatórios de planos. Foto: iStock, Getty Images

Alinhadas às questões de saúde pública atuais, as novas coberturas incluem o exame rápido para detecção da dengue e febre chikungunya, antes disponível em sete dias.

Também foram ampliadas as consultas terapêuticas com fonoaudiólogos, fisioterapeutas e psicoterapeutas. Pacientes que dependem de fonoaudiologia devido a transtornos da fala e da linguagem passam a ter direito a 48 sessões anuais, dobrando o número de sessões permitido na cobertura anterior.

Na área de fisioterapia, também foi dobrada a cobertura, já que agora os pacientes passaram a ter direito a duas consultas para cada nova doença que for diagnosticada. Já as sessões de psicoterapia passaram de 12 para 18 por ano. Também as consultas de nutrição para gestantes foram ampliadas, passando a 12 encontros ao ano.

Outra novidade é que o paciente com câncer de próstata passa a ter à disposição mais um medicamento oral para tratamento em casa: o Enzalutamida.

O implante do cardiodesfibrilador multissítio, que ajuda a evitar morte súbita, e o implante de Monitor de Eventos (Looper), utilizado para diagnosticar perda da consciência por causas indeterminadas, estão entre as novidades do novo rol de procedimentos.

Os deficientes auditivos também passam a ter direito ao implante de prótese ancorado no osso.

Um outro procedimento incluído foi o tratamento da incontinência urinária com uso de toxina botulínica, o botox.

Garanta seus direitos

Estar sempre por dentro das mudanças em relação ao seu plano de saúde passou a ser uma necessidade. Por esse motivo é que a Proteste está divulgado um alerta: em caso de negativa de procedimento, os usuários devem solicitar às operadoras a comunicação por escrito, em linguagem clara e com indicação da cláusula ou justificativa legal.

Se uma operadora não fornecer essa negativa por escrito, ela pode ser multada pela ANS em R$ 30 mil. A queixa deve ser comunicada à agência e aos órgãos de defesa do consumidor. É possível também acionar a Justiça.

Obrigatório para todos os planos de saúde contratados a partir da entrada em vigor da Lei nº 9.656/98, os chamados planos novos, ou aqueles que foram adaptados à lei, o novo rol de procedimentos de cobertura obrigatória pelos planos de saúde está disponível para consulta no site da ANS.

Você vai se interessar por:

Segurança para você e sua família

Já conta com plano de saúde? Que tal ampliar a proteção da sua família,? Com o Seguro de Vida Plus, você protege seus beneficiários em caso de morte e morte acidental e ainda conta com auxílio funeral. Entre em contato com Central de Relacionamento – Parceria Seguros Vivo e contrate o seu.

> Seguros para Você: Conheça seguros de vida e acidentes pessoais

O que achou da nova cobertura de planos de saúde? Deixe seu comentário.

O controle financeiro pessoal e o futebol
emprestimo urgente para negativado
reembolso no cartão de credito
como entender a fatura do cartão de crédito
direito do consumidor no restaurante
direito do consumidor em estacionamento pago