Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Cliente oculto recebe para avaliar produtos e serviços anonimamente

A- A+

Já imaginou ir a um espaço para gratuitamente desfrutar dos mais variados serviços e ainda receber por isso? Sim, isso é possível para o chamado cliente oculto. A tarefa compreende atenção aos detalhes do estabelecimento, culminando no fornecimento de um diagnóstico fiel sobre como foi atendido.

Quem realiza o serviço pode ser definido uma espécie de avaliador “não identificado”, que precisa responder perguntas relacionadas a um estabelecimento, define José Worcman, sócio diretor da OnYou e presidente da divisão latino-americana da Mystery Shopping Providers Association, que agrega empresas que atuam no setor.

Cliente oculto em restaurante

Discrição e atenção são comportamentos esperados de um cliente oculto. Foto: iStock, Getty Images

O que faz um cliente oculto

Para ser um cliente oculto, é preciso se responsabilizar por funções essenciais. Worcman cita estar atento a detalhes na estadia, observar o tratamento recebido pelos atendentes, a qualidade do produto ou serviço de ponta a ponta, além de reparar na proatividade dos funcionários e nos possíveis diferenciais – positivos ou negativos – que o local apresenta.

Cabe aos estabelecimentos, que contratam o serviço (bares, restaurantes, hotéis, lojas e bancos) definirem quais áreas precisam de mais atenção para que o questionário a ser respondido seja o mais útil possível.

Assim, através dos resultados apresentados, pode-se montar uma estratégia para sanar eventuais problemas e manter o que está dando certo, com um monitoramento contínuo de cada situação.

O melhor ponto do serviço é que empresas, consumidores e o próprio cliente oculto saem ganhando. As primeiras garantem a qualidade de atendimento prestado, os segundos passam a contar com um serviço melhor, já os “críticos à paisana” podem receber uma renda extra ao realizarem essa tarefa.

Qualidades e rendimentos de um cliente oculto

Engana-se quem pensa que realizar o serviço de cliente oculto é uma tarefa fácil. Além de desfrutar do lado bom da atividade, você precisa reunir alguns predicados. Ser pontual, ágil e criterioso são algum deles.

Se você acha que reúne essas qualidades, e se interessou pelo serviço, saiba que os valores pagos por essa atividade variam bastante. Segundo Worcman, os rendimentos estão associados a fatores como grau de complexidade da tarefa, como o nível de interação, a quantidade de itens avaliados e o tipo de estabelecimento.

“Solicitar um lanche de food truck é nível básico, enquanto aproveitar uma estadia em hotéis é para os top avaliadores”, exemplifica. Além disso, o interesse, a capacidade e o histórico de avaliações também pesam na hora de receber a remuneração.

Você vai se interessar por:

Veja apps que encontram os melhores restaurantes por geolocalização

Defesa do consumidor: lei prevê direitos ainda pouco conhecidos

Cupons de desconto viram estratégia de relacionamento com o cliente

Seja um cliente oculto

Caso você esteja decidido a ser um cliente oculto, e garantir uma renda extra, é preciso se inscrever no site de alguma empresa que dispõe do serviço, respondendo a um questionário sobre as características, região onde reside ou costuma frequentar, estilos e hábitos de consumo.

Entre essas empresas está a Foco no Cliente. Segundo seu diretor, Helton Alcioni da Silva, ela possui 25 mil avaliadores.

Ele recomenda que, antes antes de se cadastrar, o candidato pesquise o mercado e verifique se a empresa encontrada é séria. “Uma forma de verificar a reputação da empresa é olhar se ela é membro da MSPA”, aconselha.

 

Esse artigo lhe fez lembrar de alguém? Compartilhe!

cartão de loja pode cobrar anuidade?
melhor lugar para trabalhar
Já sabe o que fazer quando terminar a faculdade
Cuidando das finanças no lar
Fazendo o controle de finanças na prática
Vai devolver bem financiado