Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Cenário de juros altos é atrativo para investir no Tesouro Selic

A- A+

Desde outubro de 2014, a taxa Selic já sofreu sete aumentos, chegando ao patamar de 14,25% ao ano. Com as elevações constantes, esse é um bom momento para aplicar em títulos pós-fixados cuja rentabilidade segue sua variação. É o caso do Tesouro Selic.

Antes conhecido pelo nome de Letra Financeira do Tesouro, a aplicação passou a ser chamada de Tesouro Selic em 2015, atendendo a uma medida do governo para simplificar o nome dos títulos públicos. Suas características, no entanto, permanecem as mesmas.

O Tesouro Selic é o único título público que não possui rentabilidade negativa.

Tesouro Selic é o único título público que não possui rentabilidade negativa. Foto: iStock, Getty Images

Tesouro Selic é título pós-fixado

O Tesouro Selic é uma das aplicações oferecidas pelo Tesouro Direito, um programa de venda de títulos públicos a pessoas físicas, desenvolvido pelo Tesouro Nacional, em parceria com a Companhia Brasileira de Liquidação e Custódia (CBLC).

As principais características desses títulos públicos são ter a renda fixada em algum índice de inflação e ter pagamento garantido pelo governo. No caso do Tesouro Selic, esse índice é a Selic, taxa básica de juros da economia brasileira.

Sua remuneração é dada pela variação diária da taxa registrada entre o dia de liquidação da compra e a data de vencimento do título. Essa rentabilidade é acrescida ainda de ágio ou deságio, quando houver, no momento da compra.

Como é um título pós-fixado, o investidor só vai saber quanto receberá pela aplicação no momento do resgate, já que acontece variação dos juros com o passar do tempo.

A rentabilidade inicial do Tesouro Selic é conhecida pelo investidor no momento da compra do título, mas ela pode aumentar, diminuir ou manter-se estável ao longo dos meses de acordo com as variações da taxa.

Atrativos do Tesouro Selic

Além da taxa básica de juros atual estar elevada, o investimento no Tesouro Selic possui outros atrativos. “Ele é o único título público que não possui rentabilidade negativa”, explica o consultor de investimentos do blog Quero Ficar Rico, Rafael Seabra.

“Outra vantagem é que ele possui baixa volatilidade, o que evita perdas ao investidor caso ele precise vender o título antes da data de vencimento”, cita o consultor. Essa característica de alta liquidez torna o Tesouro Selic ideal para quem quer investir a curto prazo ou ainda não tem uma data definida para o recolhimento dos rendimentos.

De acordo com Seabra, esse título é também de fácil aplicação. “O Tesouro Selic possui um fluxo de pagamento simples, ou seja, o investidor faz a aplicação e recebe o valor de face (valor investido somado à rentabilidade) na data de vencimento do título”, detalha.

Você vai se interessar por:

LFT pode ser bom investimento em tempos de alta da Selic

Conheça investimentos financeiros para lucrar com a alta dos juros

Tesouro Direto é investimento mais rentável do que a poupança

Como investir no Tesouro Selic

Para comprar títulos públicos, é necessário que o investidor abra uma conta em alguma corretora. Depois que a conta é aberta, ele tem acesso a uma área restrita a clientes no site da própria corretora para selecionar os títulos que deseja comprar.

Para saber mais informações sobre o Tesouro Selic ou outros títulos públicos, basta acessar o site do Tesouro Direto.

 

Esse artigo lhe fez lembrar de alguém? Compartilhe!

melhores universidades do brasil
quando vale a pena ter cartão de credito
como cancelar pedido feito no cartão de crédito
reembolso no cartão de credito
formas de pagamento para fazer compras pela internet
como entender a fatura do cartão de crédito