Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Celulares Xiaomi valem a pena? Conheça 3 modelos e compare

A- A+

A Xiaomi é uma empresa de tecnologia que ficou conhecida inicialmente como a “Apple chinesa”. Depois de desembarcar no Brasil em 2014, apresentou aparelhos de última geração e baixo custo. Mesmo assim, o nome ainda recente no mercado causa estranheza para quem está acostumado com as fabricantes tradicionais. Então, será que vale a pena investir em celulares Xiaomi?

celulares da xiaomi

Celulares da Xiaomi são conhecidos por oferecer alta qualidade por baixo custo. Foto: iStock, Getty Images

3 modelos de celulares da Xiaomi

  • Redmi 2

O Redmi 2 foi o primeiro dos celulares da Xiaomi a ser vendido em solo brasileiro. Com a estrutura leve como a de um iPhone e rodando um sistema operacional Android atualizável de última geração, o aparelho chegou ao país já movimentando o mercado. Nas primeiras 24 horas, foram 1 mil telefones vendidos.

É que além da memória de 4,7 polegadas, o sistema dual chip, a conectividade 4G e a memória de 8GB, expansível para 32GB, o modelo de linha intermediária começou a ser vendido pelo preço que os brasileiros costumavam pagar por um aparelho de entrada: R$499.

  • Redmi 2 Pro

O Pro é a versão atualizada do Redmi 2. Segundo aparelho da Xiaomi a chegar ao Brasil, ele tem o mesmo tamanho de tela do antecessor, mas ganha vantagem na qualidade HD. Ele tem também o dobro de memória RAM, com 2GB, e o dobro de memória flash, com 16GB. No processador, o Snapdragon Qualcomm 410 de 64 bits é o mesmo nos dois modelos. A atualização em tecnologia, porém, não mudou em nada a política de baixo custo dos celulares da Xiaomi.

  • Redmi Note 3

Com armazenamento de 32GB e 3GB de memória RAM, o Redmi Note 3 foi lançado em setembro de 2015, apenas 2 meses depois de a marca disponibilizar a venda do Note 3, mostrando a velocidade de evolução nos celulares da Xiaomi. O aparelho tem tela de 5,5 polegas e sai de fábrica com a versão 5.1 Lollipop do Android.

A câmera de 13 megapixels e o sensor de impressões digitais, que leva apenas 0,3 segundos para detectar a marca biométrica, também impressionam. Ainda não há previsões de quando o Note 3 será disponibilizado para venda no mercado brasileiro.

Tecnologia da Xiaomi

A aposta da marca chinesa é no baixo custo sem perda de qualidade. Os celulares da Xiaomi começaram a ser vendidos no Brasil apenas através da internet, no site da empresa. Hojea marca possui parceria com a Vivo e aparelhos como o Redmi 2 podem ser encontrados nas lojas da operadora.

Além de contar com o respaldo de pesquisa e inovação tradicionais da China, onde a marca já desbancou Samsung e Apple, a fabricante é preocupada com o investimento na qualidade de todos os seus produtos. Não é à toa que os celulares da Xiaomi são carregados pelo MI Power Bank , planejado para funcionar com outros tipos de celulares do mercado.

O carregador portátil dos celulares da Xiaomi é compatível com Samsung, LG, Blackberry, notebooks, tablets, além dos aparelhos da marca que é inspiração da chinesa: a Apple.

Você vai se interessar por:

Vivo fecha parceria para venda do celular Xiaomi no Brasil
Redmi Note 3: Xiaomi aposta em desempenho e velocidade
Xiaomi lança Redmi 2 Pro, segundo smartphone da marca no Brasil

Celulares da Xiaomi no Vivo Compras

Antes de comprar seu celular, é importante comparar os preços e as condições de pagamento. O Vivo Compras traz mais de 850 mil produtos para escolher em diferentes lojas virtuais, através do mesmo carrinho.

Em parceria com a Opte+, a Vivo oferece produtos de lojas virtuais como Ponto Frio, Extra, Fast Shop e Casas Bahia. No portal, é possível encontrar eletrodomésticos, eletrônicos, produtos de informática, móveis, além de passagens aéreas, pacotes e hotéis, sempre com descontos diferenciados.

> Vivo Compras: Encontre os melhores preços para celular

E aí, está pensando em comprar um dos celulares da Xiaomi? Então deixe um comentário!

Pokémon Go
vale a pena usar roupas de marca
feiras de trocas
Comprar tablet
Mulher entende o que é carnê-leão
Comprar smart tv