Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Casa de câmbio ou banco: onde comprar dólar barato?

A- A+

Se você pretende fazer uma viagem internacional, provavelmente está se perguntando onde comprar dólar barato. Banco ou casa de câmbio são as opções disponíveis, mas como se decidir?

Seja qual for a sua escolha, a recomendação para não perder dinheiro com a oscilação da moeda é se informar bem, pesquisar e calcular tudo na ponta do lápis.

Comprar dólar barato é desafio

Dividir a taxa do banco pela diferença de cotação ajuda a decidir onde comprar dólar. Foto: iStock, Getty Images

Pesquise para comprar dólar barato

Pode parecer uma resposta rápida apenas para encerrar o assunto, mas a decisão sobre onde comprar dólar barato cabe ao cliente. Conforme Marco Aurélio Duterwill, diretor da Milhas Turismo, geralmente o banco é a alternativa mais econômica. “Entretanto, é preciso fazer um cálculo para ter certeza”, sustenta.

O agente explica que é necessário fazer comparações para descobrir quanto cada um desses estabelecimentos está cobrando de taxa. “Via de regra, as casas de câmbio têm taxas embutidas no valor da sua cotação. Já os bancos também cobram uma taxa pela transação, porém ela é estabelecida de forma independente em cada instituição”, aponta.

Como os bancos têm autonomia para definir suas taxas, ela pode variar até mesmo de acordo com o relacionamento que tem o cliente ou ainda conforme o montante que será negociado. “Isso, muitas vezes, faz uma diferença significativa na compra”, avalia.  

Ainda assim, Duterwill não considera como motivo suficiente para optar pelo banco. “Mesmo que o valor da instituição financeira costume ser menor, é necessário calcular o acréscimo das taxas cobradas antes de fazer a compra”, adverte.

Entenda como calcular

O agente ensina uma fórmula simples para avaliar o melhor lugar para comprar dólar barato. “Divida a taxa pela diferença de valores”, explica.

Em um exemplo, considere que a taxa cobrada pelo banco seja de R$ 20 e a diferença da cotação entre os dois estabelecimentos fique em R$ 0,16 (a casa de câmbio cobra R$ 3,96 e o banco, R$ 3,80).

Ao aplicar a divisão, chega-se a 125. Esse é o valor base, ou seja, representa a quantidade de dólares cuja operação terá o mesmo custo final nos dois estabelecimentos (nesse caso, R$ 495). Assim, se for comprar 124 dólares ou menos, o banco é o mais indicado. Se for comprar 126 dólares ou mais, a casa de câmbio se torna mais econômica.

Para não errar: ao usar o cálculo no dia a dia, divida sempre a taxa do banco pela diferença de cotação e obtenha o valor base.

Você vai se interessar por:

Comprar dólar para investir é um bom negócio?

Comprar moedas exige atenção aos movimentos de mercado

Dólar alto não precisa impedir a sua viagem de final de ano

3 dicas para comprar dólar barato

Pesquise

O ideal é ligar para o maior número de casas de câmbio e bancos que conseguir. Confirme os valores e taxas de todos para poder decidir.

Barganhe

O dólar é um produto, e você pode pechinchar, assim como faz para comprar qualquer outro artigo. Se tiver várias cotações, facilita na hora de obter descontos.

Fracione

Com a oscilação da moeda, fica difícil prever valores. Uma forma de neutralizar uma eventual perda por comprar dólar na alta é adquirindo de forma fracionada, em datas diferentes. Levando em conta o valor médio pago pelo montante, o consumidor perde menos.

 

Gostou das dicas para comprar dólar barato? Compartilhe!

queda do dólar
melhores universidades do brasil
quando vale a pena ter cartão de credito
como cancelar pedido feito no cartão de crédito
reembolso no cartão de credito
formas de pagamento para fazer compras pela internet