Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Cartão Digital do SUS auxilia no atendimento médico gratuito

A- A+

Se você é usuário do Sistema Único de Saúde e se considera uma pessoa antenada na tecnologia, vai gostar de utilizar o Cartão Digital do SUS. Com ele, o acesso à rede pública de saúde é facilitado, sendo sua porta de entrada para o atendimento médico gratuito.

A ferramenta funciona como uma espécie de prontuário do cidadão. Entre outras informações, traz dados sobre possíveis alergias, seu IMC (Índice de Massa Corporal), histórico de pressão e glicemia, entre outros dados que ajudam na hora da consulta. E o melhor: sem precisar pagar nada por isso.

Cartão digital do sus

Cartão Digital do SUS: facilidade e economia

Cartão digital do susO Cartão Digital do SUS foi lançado no ano passado pelo Ministério da Saúde, funcionando através de um aplicativo desenvolvido para aparelhos que utilizam o sistema Android.

A escolha pelo app não se deu por acaso, já que 68,4 milhões de brasileiros acessam a internet pelo celular, segundo dados da pesquisa Mobile Report, da Nielsen ibope. Para esse grupo, gerenciar seus dados de saúde pelo smartphone representa uma facilidade e tanto.

Pelo viés financeiro, o uso do Cartão Digital do SUS é também vantajoso, já que, como o próprio sistema de saúde, não há nenhuma cobrança para utilizá-lo.

E por falar em economia, ao aderir à tecnologia, o governo conseguiu reduzir um gasto que, no ano de 2014, chegou a R$ 4 milhões apenas com a disponibilização do cartão físico do SUS.

Como usar o Cartão Digital do SUS

Cartão digital do susA ideia é tornar o atendimento de saúde no Brasil ainda mais fácil. Ao fazer o download do aplicativo gratuito na Google Play Store, o usuário deve informar o seu CPF, data de nascimento e e-mail. Depois, é só conferir os dados gerados por informações da Receita Federal e criar o seu perfil de paciente.

Nessa etapa da criação do perfil, o usuário deve informar se tem alguma alergia, pressão alta, se é diabético, se faz uso contínuo de algum remédio e também os exames realizados. Ainda é possível registrar os níveis de glicemia.

Esses dados são calculados e disponibilizados no aplicativo em forma de gráfico para mostrar a evolução do quadro de saúde. Todas as informações podem ser visualizadas pelo médico durante o atendimento em alguma unidade básica de saúde.

Para consultas ou exames, além do Cartão Digital do SUS, é necessário apresentar um documento de identificação com foto. Caso o paciente não tenha o cartão, é possível fazer o cadastro no momento do atendimento.

Novas atualizações do aplicativo devem permitir marcar consultas, receber alertas sobre agendamentos médicos e localizar a unidade de saúde mais próxima do paciente.

Você vai se interessar por:

O Sistema Único de Saúde no Brasil

O SUS foi criado em 1988 pela Constituição Federal, com o objetivo de atender uma população, à época, de 180 milhões de habitantes. Nesses quase 30 anos, a população cresceu, são mais de 200 milhões de habitantes que circulam pelo sistema de saúde, exigindo ampliação e modernização da sua estrutura.

Desde vacinas em postos de saúde, ao atendimento de urgência e emergência do SAMU, passando por transplantes e tratamentos complexos, como nos casos de câncer, a rede de atenção à saúde conta com um extenso rol de serviços, todos eles gratuitos.

 

Você já tem o seu Cartão Digital do SUS? Deixe seu comentário!

metas de curto médio e longo prazo
quando vale a pena comprar título de capitalização
como conseguir desconto na compra de livros
exemplos de produtos supérfluos
como pechinchar na internet
como conseguir desconto em faculdade particular