Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Carros populares tem manutenção mais cara, aponta estudo

A- A+

Se você é uma daquelas pessoas que tenta economizar sempre, ao comprar um automóvel, é bom levar em conta outros fatores, que não apenas o preço final. Mais baratos no valor de venda que os modelos sofisticados, os carros populares podem não ser tão mais vantajosos para manter o veículo.

Foi o que revelou estudo da Jato Dynamics do Brasil, líder em fornecimento de informações automotivas. O levantamento analisou uma amostra de cinco modelos mais vendidos de cada segmento, por um prazo de 36 meses e rodagem de 10.000 km por ano. Os custos considerados foram os de depreciação, revisões, manutenção corretiva, seguro, pneus, juros e documentação.

Os modelos hatches de entrada com motor 1.0 foram os que representaram, proporcionalmente, os gastos com manutenção mais elevados em relação ao preço total de aquisição: 38%. Na sequência, aparecem os SUVs, com 17% do valor de compra, seguido pela classe de sedan compacto 1.6, com 17% e sedãs médios, com o índice de 10%.

Carros populares no trânsito

Manutenção pode chegar a 80% do valor da prestação de um veículo. Foto: Oswaldo Corneti, Fotos Públicas

Custo-benefício de carros populares

Ao comparar os custos de propriedade (despesas com veículo) com os gastos médios do financiamento de cada segmento, a relação custo-benefício dos carros populares se torna ainda pior.

O destaque negativo fica, novamente, por conta dos modelos hatches 1.0, que podem levar o proprietário desembolsar até 80% da parcela mensal do empréstimo para arcar com custos em manutenção.

Para realizar esse cálculo, a Jato utilizou o preço médio dos veículos da categoria (R$ 29.503,00) e estipulou um financiamento nos seguintes moldes: entrada de 30% do valor total, mais uma taxa mensal de 0,99%. Com isso, chegou a uma parcela mensal de R$ 685,00.

Assim, calculou-se que os custo de propriedade mensal, com gastos com pneus, seguro, combustível, revisão, manutenção e impostos/documentação seria de R$ 548,00. Ou seja, 80% do valor da parcela do financiamento. O sedã compacto 1.6 apresentou proporção de 56%, enquanto o SUV teve 54% e o o sedã médio ficou em 50%.

Carros populares mais baratos

Mas nem todas as notícias são ruins quando o assunto são os carros populares. Outro levantamento da consultoria automotiva Jato Dynamics identificou que o poder de compra do brasileiro é maior hoje do que era em 2005.

Naquele ano, era preciso desembolsar 124 salários mínimos para adquirir um modelo popular, como Uno ou Gol. Hoje, a compra é feita com 66 salários. Segundo a Jato, o valor dos veículos baixou em razão da oferta, com o maior número de marcas atuando no mercado (44 contra 30). Também o salário mínimo no período subiu mais de 160%.

Veja abaixo quais são os modelos mais baratos de seis montadoras atuantes no mercado automotivo nacional:

Fiat: Palio – R$ 28.360

Volkswagen: Gol – R$ 31.590,00

General Motors: Classic – R$ 33.990

Renault: Clio – R$ 35.928

Hyundai: HB20 – R$ 37.995

Ford: Novo Ka – R$ 40.590

*Valores disponíveis nos sites das montadoras em novembro de 2015.

Você vai se interessar por:

Assistência para seu veículo

Se você tem um carro, modelo popular ou não, além de se preocupar com o tema manutenção de veículos, sempre é bom proteger seu patrimônio. Assistências oferecem serviços de profissionais especializados e de confiança para consertos e reparos emergenciais ou serviços de manutenção.

Com o Vivo Multiassistência, você conta com socorro mecânico e reboque para seu carro, além de eletricista, vidraceiro, conserto de eletrodomésticos e chaveiro sempre que precisar.

> Vivo Multiassistência: Garanta socorro mecânico e reboque para seu carro

Você tem uma boa dica sobre carros populares? Comente!

como economizar na limpeza
Como tirar manchas de mofo e bolor da parede
Vai trocar pneu
Alguns dos carros mais econômicos do Brasil
Fazendo o rodízio de pneus
É importante ter cuidados com câmbio automático