Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Carros para deficientes: como conseguir a isenção

A- A+

O mercado de carros para deficientes tem crescido no Brasil. De acordo com o presidente da Associação Brasileira das Indústrias e Revendedores de Produtos e Serviços para Pessoas com Deficiência (Abridef), Rodrigo Rooso, só em 2014 foram vendidos mais de R$84 mil veículos com isenção de impostos para pessoas com deficiência.

Ele ressalta ainda que o número cresce entre 30% e 40% quando considerados os automóveis vendidos para pessoas com deficiência que não utilizam o benefício da isenção. Ou seja, quando o valor é superior a R$70 mil ou o modelo escolhido é importado.

Carros para deficientes: adaptações necessárias

Diferente do que se costuma imaginar, a maioria dos carros para deficientes não requerem adaptações especiais para o uso, afirma Rosso. No total, eles representam apenas cerca de 10% do volume total de vendas. As mudanças mais perceptíveis costumam ser os chamados push and pullO mecanismo funciona através de uma alavanca instalada na parte inferior do volante, que permite controlar o acelerador e também o freio utilizando apenas uma das mãos.

Trata-se de uma adaptação simples, que pode ser feita de maneira rápida nas oficinas especializadas. Mas, de maneira geral, o presidente da Abridef explica que a maioria dos modelos com câmbio automático já é capazes de suprir as necessidades, sem que seja necessário recorrer a adaptações específicas.

As informações sobre o assunto ainda são escassas, mas é possível contar com eventos que dão suporte e oferecem contato com os modelos adaptados disponíveis no mercado. É o caso da Mobility & Show, feira que acontece nos dia 19 e 20 de setembro no Autódromo de Interlagos, em São Paulo-SP, com entrada gratuita.

Atualmente, a maioria dos carros não exigem adaptações especiais. Foto: iStock, Getty Images

Atualmente, a maioria dos carros não exigem adaptações especiais. Foto: iStock, Getty Images

Carros para deficientes são isentos de alguns impostos

Para quem deseja comprar um automóvel para pessoas com deficiência, uma das dúvidas comuns é relacionada à isenção de impostos oferecida. De acordo com Rosso, ela está disponível em duas situações: nos casos em que o carro zero quilômetro vai ser dirigido pelo próprio deficiente ou ainda por familiares e tutores legais.

“O processo é burocrático, porém existem empresas e despachantes especializados nesse serviço em todo o Brasil e o melhor caminho é buscar um parceiro desse tipo. Do contrário, o primeiro passo é buscar o laudo médico, em alguns casos a transformação da CNH comum em CNH especial”, destaca ainda.

Para essa mudança, é preciso passar pela avaliação médica, feita por um profissional da área credenciado ao Detran. Depois, é necessário ainda recorrer à Receita Federal e, por fim, já com os documentos em mãos, procurar a concessionária da marca que você deseja e solicitar as deduções relativas aos ICMS, IPI, IOF (na primeira compra financiada) e IPVA (apenas em alguns estados).

Assistência em emergências

Depois de conseguir o seu automóvel, é importante garantir mais tranquilidade para quando os imprevistos acontecerem. Com o Vivo Assistência Casa e Auto, você conta com serviços de eletricista e encanador para sua casa, socorro mecânico para seu automóvel e chaveiro para os dois, sempre que precisar, por apenas R$ 5,90 por mês.

> Vivo Assistência Casa e Auto: Garanta socorro mecânico em emergências

Gostou das dicas sobre carros para deficientes? Compartilhe!

como calcular a reforma de um apartamento
quanto custa um seguro de casa
como escolher uma seguradora de veiculos
preço de imoveis começa a cair
economizar no seguro da casa
economizar no seguro do carro