Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Carro novo tem 20% de depreciação no primeiro ano

A- A+

A depreciação do automóvel é natural e ocorre desde o momento em que ele sai da revenda. Ou seja, mesmo que você negocie o carro apenas alguns meses depois da compra, o valor já vai estar abaixo daquele que foi investido.

Conforme explica o gerente de marketing da WebMotors, Rafael Constantinou, a estimativa é de que apenas no primeiro ano de uso o veículo tenha uma redução de aproximadamente 20% em seu preço de revenda. Mas tudo depende, é claro, do modelo escolhido, das condições de mercado e mesmo da maneira como é realizada a manutenção.

Como reduzir a depreciação

O mercado é regulado pela lei da oferta e da procura e, quando o assunto são os veículos, a lógica não é diferente. Não é à toa que, conforme lembra o proprietário da Ford Superauto, Carlos Costabeber, os modelos importados e mesmo os nacionais de luxo são os que mais costumam sofrer os efeitos da depreciação.

O mesmo vale para a cor do seu carro. De acordo com estudo realizado pela WebMotors com automóveis anunciados no portal entre 2012 e 2014, a variação pode pesar no bolso. Na categoria hatch, por exemplo, a desvalorização foi de 10,49% entre os carros amarelos e caiu para 8,38% entre os brancos, quando considerados modelos entre R$20 mil e R$40 mil.

Fazer as revisões periódicas do veículo também ajuda a evitar quedas mais acentuadas. Afinal de contas, esse é um dos critérios utilizados pelas concessionárias para manter a garantia do carro. Já no dia a dia, o principal cuidado é com a conservação interna, evitando manchas e a quebra de acessórios.

Maner a manutenção do veículo em dia ajuda a diminuir os efeitos da depreciação. Foto: Shutterstock

Manter a manutenção do veículo em dia ajuda a diminuir os efeitos da depreciação Foto: Shutterstock

Ranking dos carros com a menor depreciação

Para evitar que o seu carro se desvalorize em excesso e o valor de revenda diminua ainda mais, uma dica é estar sempre ligado nas informações sobre o setor. A Autoinforme, por exemplo, divulga anualmente uma lista com os automóveis que menos sofreram depreciação ao longo dos últimos 12 meses.

Em 2014, o estudo considerou s os 100 veículos mais vendidos do Brasil. Os números têm como base a comparação do preço médio do zero quilômetro e o valor que a versão seminova ainda alcançava um ano depois, na hora da negociação. Confira a lista com os dez carros com os índices mais baixos de depreciação:

1. Chevrolet Ônix: 8,5%

2. Fiat Novo Palio Attractive: 9,4%

3. Volkswagen Novo Golf Highline: 10,3%

4. Volkswagen Gol (série especial Seleção): 10,5%

5. Ford New Fiesta: 10,8%

6. Fiat Palio Fire: 10,9%

7. Ford EcoSport: 11,1%

8. Fiat Strada: 11,2%

9. Fiat Uno: 11,3%

10. Volkswagen Fox: 11,5%

Assistência em emergências

Depois de escolher o melhor modelo para as suas necessidades, também é importante garantir segurança. Com o Vivo Assistência Casa e Auto, você conta com serviços de eletricista e encanador para sua casa, socorro mecânico para seu automóvel e chaveiro para os dois, sempre que precisar, por apenas R$ 5,90 por mês.

> Vivo Assistência Casa e Auto: Garanta socorro mecânico em emergências

Gostou das dicas para reduzir a depreciação do seu carro? Compartilhe!

como calcular a reforma de um apartamento
quanto custa um seguro de casa
como escolher uma seguradora de veiculos
preço de imoveis começa a cair
economizar no seguro da casa
economizar no seguro do carro