Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Cantora Rihanna inicia ação para conceder bolsas de estudos nos EUA

A- A+

Você já sonhou em concorrer a bolsas de estudo nos EUA para cursar uma graduação em alguma das melhores faculdades do mundo? E se os seus estudos fossem pagos por uma das maiores estrelas do cenário pop internacional? Se parecia improvável, agora já não é mais: a cantora americana Rihanna abriu um processo seletivo para que alunos de sete países invistam nesse sonho.

Famosa por suas músicas dançantes e o carisma no palco, Robyn Fenty – o nome real de Rihanna – arrasta e inspira multidões de jovens ao redor do mundo. O que poucos sabem é que ela também age em causas sociais e com projetos de transformação de realidades. Em seu novo programa global, ela vai investir no capital cultural e proporcionar oportunidades de formação.

Rihanna concede bolsas de estudo nos EUA

Rihanna mantém fundação para educação e cultura desde 2012. Foto: Divulgação, Clara Lionel Foundation

Brasileiros podem disputar bolsas de estudo nos EUA

Sete países foram escolhidos por Rihanna para o programa global de bolsas de estudo nos EUA. São eles: Barbados, Cuba, Haiti, Guiana, Jamaica, Granada e o Brasil. Para participar, além de morar em alguma das regiões selecionadas, o candidato não pode ter concluído ainda nenhuma graduação.

O projeto faz parte dos lançamentos da fundação criada e mantida pela cantora, a Clara Lionel, e procura estudantes que tenham sido selecionados por universidades americanas, no período 2016-2017, para cursos de graduação ou bacharelados que tenham duração de quatro anos. A lista completa de exigências é liberada no site do programa quando o candidato se disponibiliza a concorrer.

Os valores das bolsas de estudo nos EUA variam entre US$5 mil e US$50 mil, tendo possibilidade de renovação para até três anos. A duração do benefício se dá por gratificação, ou seja, quanto melhor for o desempenho do estudante durante o curso, maiores as chances de a ajuda ser renovada.

No anúncio oficial da Fundação Clara Lionel, a entidade afirmou que o objetivo é receber o maior número possível de alunos. A designação dos valores de bolsas, da duração delas e da quantidade de auxílios que serão realizados depende diretamente das necessidades de cada candidato e da capacidade que ele apresentar.

O processo seletivo foi aberto no dia 9 de maio e fica disponível até 10 de junho. Serão escolhidos 50 finalistas, selecionados por uma comissão especial, que irá avaliar o desempenho escolar, capacidade de liderança, participação em atividades comunitárias, experiência de trabalho e redação. No mês de agosto, os ganhadores serão anunciados.

Você vai se interessar por:

A Fundação Clara Lionel

No vídeo de lançamento do projeto, Rihanna declarou que, na maior parte do tempo, as pessoas não acreditam que uma pequena doação pode fazer uma grande diferença. Essa é a primeira vez que a cantora abre bolsas de estudo nos EUA para os sete países em questão, mas não é o começo de suas ações para mudar o mundo.

A fundação Clara Lionel foi fundada em 2012 e carrega o nome dos avós da cantora, Clara e Lionel Braithwaite, como forma de homenageá-los. A instituição trabalha para melhorar a qualidade de vida em comunidades ao redor do mundo, através de projetos nas áreas de saúde, educação, artes e cultura.

 

Este artigo lhe fez lembrar de alguém? Compartilhe!

metas de curto médio e longo prazo
quando vale a pena comprar título de capitalização
como conseguir desconto na compra de livros
exemplos de produtos supérfluos
como pechinchar na internet
como conseguir desconto em faculdade particular