Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Câmbio manual ou automático: qual o melhor custo-benefício para você?

A- A+

Decidido a trocar de carro, você analisa os modelos, compara preços e avalia as opções do mercado, quando surge a dúvida: câmbio manual ou automático? A decisão pelo sistema de transmissão deve considerar diversos fatores – do perfil de condução ao consumo de combustível. Só assim é possível encontrar o melhor custo-benefício para o seu caso.

Carro pode ter câmbio manual ou automático

Câmbio manual de cinco marchas ainda é o mais comum entre os carros populares. Foto: iStock, Getty Images

Diferenças entre câmbio manual ou automático

Antes de tomar uma decisão entre os dois modelos de transmissão, é preciso entender o que os difere. Para isso, a única alternativa é compreender em detalhes a maneira como o câmbio manual e o câmbio automático funcionam.

Falando de forma resumida, o sistema de transmissão de qualquer veículo é composto por volante, embreagem, diferencial e caixa de câmbio. O motor produz o torque e a velocidade, que são transmitidas até as rodas por todos os componentes ao mesmo tempo. Trata-se de um circuito mecânico que, no câmbio manual, é controlado pelo condutor e, no câmbio automático, pelo próprio sistema.

Esse controle é realizado de acordo com o movimento do carro. Como você sabe, subir uma ladeira ou encosta exige um torque maior do que descer, e é pautado por esse tipo de situação que o sistema de transmissão do veículo deve ser manipulado.

A principal diferença do câmbio manual para o automático é a existência e ausência da embreagem, respectivamente.

No câmbio manual, a embreagem é acionada por um pedal, e o condutor faz as mudanças de marcha por meio de uma alavanca de transmissão.

No câmbio automático, as mudanças são selecionadas por meio de um mecanismo de comando que funciona de acordo com a velocidade do automóvel e com a utilização do acelerador.

Decidindo entre câmbio manual ou automático

Agora que você entendeu as diferenças técnicas entre os modelos de transmissão, é hora de avaliar como isso afeta a condução do motorista. Esse conhecimento ajuda na hora de escolher um automóvel com câmbio manual ou automático.

Conforto

É o principal argumento a favor do câmbio automático. Quem dirige um carro com esse sistema não precisa se preocupar em arrancar na lomba sem deixar o veículo correr para trás, nem com trocar as marchas enquanto dirige. Basta acelerar, frear e manobrar o veículo. Para quem dirige a maior parte do tempo dentro de cidades, esquecer do câmbio é um conforto e tanto.

Controle

Com o câmbio manual, você tem o carro sob controle, pois pode “esticar” as marchas como bem entender, conferindo mais ou menos torque para as rodas. No câmbio automático, quem toma essa decisão é o sistema de transmissão. Na prática, o condutor perde um pouco de controle na tomada de decisão, o que pode desagradar quem tem prazer de dirigir ou gosta de uma condução mais esportiva.

Manutenção

O câmbio automático é composto por um sistema de transmissão mais complexo e menos comum, o que eleva os custos das peças. Por outro lado, a durabilidade tende a ser maior do que a do câmbio manual, de modo que as diferenças se anulam. Na prática, os custos variam pouco nesse sentido.

Consumo

Via de regra, o câmbio automático é menos eficiente na troca de marchas do que o câmbio manual. Isso porque, no câmbio manual, você pode mudar a marcha em baixa rotação, enquanto o câmbio automático faz a mudança apenas em rotações elevadas.

A tecnologia tem evoluído e esse critério varia de modelo para modelo, mas a lógica indica que os veículos automáticos tendem a gastar mais combustível do que os veículos de mesmo modelo com câmbio manual, desde que o condutor trafegue seguindo as recomendações de troca de marchas da montadora.

Chegou a alguma conclusão? Como você percebeu, a decisão entre câmbio manual ou automático depende do seu perfil como motorista e do valor que você dá para o conforto ao dirigir, para o controle do veículo e para o consumo. Trata-se de uma escolha pessoal, que deve ser pautada pelas suas preferências.

Você vai se interessar por:

Assistência em emergências

Agora que já escolheu seu novo carro, é hora de garantir segurança para os momentos imprevistos. Com o Vivo Assistência Casa e Auto, você conta com serviços de eletricista e encanador para sua casa, socorro mecânico para seu automóvel e chaveiro para os dois, sempre que precisar, por apenas R$ 5,90 por mês.

> Vivo Assistência Casa e Auto: Garanta socorro mecânico em emergências

Gostou das dicas? Compartilhe!

Viajar ou comprar um carro
Carros flex mais econômicos
Ele conhece as vantagens de usar gasolina aditivada
Comprando pneus aro 17
Mostrando como vender carros usados
É importante ter cuidados com câmbio automático