Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Bloquear chip Vivo é importante ao ter celular roubado. Veja como fazer

A- A+

Você perdeu o telefone ou teve seu aparelho roubado? Para proteger seus dados, é fundamental adotar algumas medidas. Para bloquear chip Vivo, por exemplo, basta seguir passos básicos, mas que não devem ser adiados.

Como bloquear chip Vivo: passo a passo

Para bloquear chip Vivo, entre em contato com a Central de Relacionamento com o Cliente, ligando para *8486 de um celular Vivo, ou para o número 1058 de qualquer telefone. Explique a situação para o atendente e solicite o bloqueio do seu chip. Você deve ter em mãos os dados do titular, como número do CPF.

Se preferir, pode realizar a operação de bloqueio também pelo site Meu Vivo. Nesse caso, basta acessar o Meu Vivo Web e seguir essa sequências de opções: Aparelhos > Bloqueio de linha > Selecionar o motivo do bloqueio > Ativar.

Homem tenta bloquear chip Vivo

Para bloqueio da linha, cliente Vivo pode contatar operadora de qualquer telefone. Foto: iStock, Getty Images

Bloqueie também o aparelho

É importante ficar claro que, ao realizar esses procedimentos para bloquear o chip Vivo, você estará cancelando apenas a linha, mas outras informações do celular ainda podem ser acessadas pelos criminosos, como suas fotos e vídeos. É por isso que o aparelho também deve ser bloqueado.

Até o início de março, para realizar essa operação, era preciso fornecer o número de série do celular, conhecido como IMEI. De acordo com as novas regras da Anatel, já é possível bloquear o telefone informando apenas o número do celular para a prestadora, sem necessidade de fornecer também o IMEI, o que facilita o processo.

Lembrando que apenas o titular da linha pode bloquear chip Vivo e o aparelho. Caso queira desbloquear sua linha e resgatar o número, basta ir a uma Loja Vivo e adquirir um novo chip da operadora.

Cuidados para garantir a segurança do celular

Segundo uma pesquisa da companhia Bem Mais Seguro, mais de 60 celulares são roubados por hora nas principais capitais brasileiras. Os dados são referentes ao Rio de Janeiro, o líder geral em assaltos, e também incluem Belo Horizonte, São Paulo e Porto Alegre.

Para se prevenir das ações criminosas, algumas medidas são importantes. A primeira delas é ativar e configurar os serviços de localização e rastreamento do telefone, que os próprios sistemas operacionais oferecem.

Para o iPhone, é preciso configurar o iCloud e ativar a captura de localização, que permite rastrear o celular. No caso do Android, o Google tem uma ferramenta oficial chamada Gerenciador de dispositivos, que também faz o rastreamento. Já para Windows Phone, é possível usar o recurso nativo do sistema.

Outra opção é baixar aplicativos de segurança, que ajudam na proteção de dados e na identificação de pessoas que tentem acessá-los. Alguns permitem que você rastreie o aparelho e até mesmo realize o bloqueio pela internet, sendo uma boa opção para quem não configurou o serviço do sistema operacional.

Você vai se interessar por:

Crédito emergencial ao seu alcance

Agora que tem boas informações de segurança, que tal uma dica financeira? Com o Vivo Crédito Antecipado Voz você pode solicitar uma recarga emergencial de R$ 3 para falar e enviar SMS para todo o Brasil. O valor é descontado automaticamente da sua próxima recarga ou da fatura da sua conta Controle.

> Crédito Antecipado de Voz: Garanta R$ 3 de crédito até a próxima recarga do celular pré-pago

Viu como bloquear chip Vivo é fácil? Compartilhe essas dicas!

melhor lugar para trabalhar
Já sabe o que fazer quando terminar a faculdade
Cuidando das finanças no lar
Fazendo o controle de finanças na prática
Precisa de dicas de segurança pessoal
Vai devolver bem financiado