Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Bem-estar financeiro influi em todos os aspectos da vida

A- A+

A falta de dinheiro é problema frequente dos brasileiros. Não é à toa que, de acordo com dados do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), o país registrou aumento no número de dívidas atrasadas em maio. E sem o bem-estar financeiro, o estresse é consequência.

Bem-estar financeiro e o consumo

Ter dinheiro não significa encontrar a solução para todos os problemas, mas administrar a escassez de recursos é tarefa que exige controle, e o sucesso nem sempre acontece. O resultado são justamente as dívidas, que tiram o sono e geram a sensação de insegurança.

Com a contenção de gastos, a qualidade de vida também acaba prejudicada. A saída é buscar o equilíbrio do orçamento e, como consequência, também o bem-estar financeiro.

Mas, diferente do que muitos imaginam, isso não significa ter o valor necessário para fazer todas as compras desejadas. Pelo contrário, está relacionado à capacidade de consumir de modo consciente, sem exageros e a partir das restrições que a sua renda impõe.

bem-estar financeiro

Com o planejamneto financeiro em dia, fica mais fácil manter o bem-estar financeiro. Foto: iStock, Getty Images

 

Como chegar ao bem-estar financeiro

Quando as dívidas já são uma realidade, o primeiro passo para chegar ao bem-estar financeiro é identificá-las. Parece simples, mas quando as finanças estão em desordem, é fácil se perder nas contas e ter dificuldades para visualizar os gastos.

“Após isso, temos que identificar onde é possível economizar para quitar as pendências. Se não tiver onde economizar, a saída é fazer um empréstimo, desde que os juros desse novo sejam menores que os atuais. Isso pode reduzir significativamente o total que irá pagar”, aconselha o educador financeiro Adriano Severo.

Depois, é chegada a hora de negociar com os credores. A dica é elaborar propostas que estejam dentro das suas possibilidades de pagamento e privilegiar os débitos que somam valores maiores e, justamente por isso, fazem você pagar ainda mais em juros.

Uma vez livre das dívidas, uma regra é essencial para o bem-estar financeiro: não descuide do planejamento financeiro. Conforme explica Severo, é ele que vai permitir que você tenha controle em relação às contas e não gaste mais do que a sua renda permite.

Outro passo importante é começar a pensar no futuro e nas emergências que podem surgir. Ou seja, é hora de economizar. Os especialistas recomendam que o ideal é poupar entre 10% e 30% do seu salário.

Tarefa difícil? Pense nesse valor como uma dívida que você precisa pagar todos os meses e a invista.  Para os mais conservadores, a poupança é opção, mas Severo indica que o ideal é procurar um aplicação que, mesmo segura, possa render acima da inflação.

Conta corrente sem complicação

Você já pensou em ter uma conta corrente no seu celular, que facilita os pagamentos, as compras, os saques e permite que você só gaste o valor disponível, sem limite extra? Esse é o Vivo Zuum, uma conta pré-paga que funciona a partir do seu celular. Com ele você pode:

– Transferir dinheiro para outra pessoa que também tenha conta Vivo Zuum, de qualquer lugar.

– Recarregar os créditos do seu celular Vivo, de um parente ou amigo.

– Pagar contas de água, luz, gás e boletos bancários.

E solicitando o cartão Vivo Zuum, você também pode:

– Fazer compras em mais de 1,8 milhão de estabelecimentos conveniados MasterCard.

– Sacar dinheiro em caixas eletrônicos da Rede Cirrus.

> Vivo Zuum: Tenha conta corrente com cartão, sem banco, sem complicação

Gostou das dicas para encontrar o bem-estar financeiro? Compartilhe!

Pokémon Go
como lucrar vendendo artesanato
como lucrar vendendo cosméticos
como abrir uma academia de ginástica
como abrir uma pizzaria
como montar uma drograria