Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Bebê a caminho? Veja dicas para comprar berço

A- A+

Com a chegada de um novo integrante na família, a casa precisa de mudanças. O quarto do bebê, então, requer ainda mais atenção. Para muitos pais, a principal dúvida está em como montar a caminha do pequeno. Confira dicas para comprar berço e garanta o conforto e a segurança necessária para as noites de sono do seu filho.

Seguiram dicas para comprar berço

Escolha pelo berço deve considerar especialmente a segurança e o conforto do bebê. Foto: iStock, Getty Images

5 dicas para comprar berço

Para não errar na escolha do berço do seu filho, confira cinco dicas que o Vivo Seu Dinheiro preparou para você. Cuidados vão desde as dimensões da caminha até questões relacionadas com a segurança do bebê.

Tamanho

As dimensões de um berço não são únicas em todos os modelos. Ainda assim, o mais aconselhável é escolher um de tamanho americano, que mede 130 x 70cm. Vale ressaltar que essas medidas correspondem apenas à parte interna da caminha. Esse detalhe é fundamental, especialmente se você optar por mandar fazer um modelo personalizado.

Segurança

A segurança do seu filho não tem preço, por isso, não deixe de tomar todas as providências para o seu bem-estar. Verificar a largura entre as grades, que não deve ser superior a 6,5 cm, além da distância do topo da grade até o estrado, que não pode ser menor que 60 cm. Também pesquise a reputação do fabricante em sites de defesa do consumidor.

Testar o berço é recomendável. Levante e baixe as grades, analise se os materiais usados parecem resistentes e dê preferência por aquele modelo que tenha quinas mais arredondadas e poucos detalhes que possam vir a se soltar ou ferir o bebê.

Funcionalidade

Alguns modelos mais bem elaborados fogem do berço tradicional e vêm com outras funcionalidades acopladas. Alguns viram mini cama, outros vem com cômoda e trocador embutidos. Esses recursos adicionais são muito úteis, e podem render economia também, graças à sua versatilidade.

Grade e estrado

Esses dois são componentes vitais do berço. O ideal é que a grade seja móvel em um dos lados para permitir uma regulagem conforme o crescimento do seu filho. O mesmo vale para o estrado. Quando o bebê é mais novinho, dá para deixá-lo mais alto e, conforme ele vai crescendo, basta ir baixando, para ele não cair ou pular de lá.

Travesseiro e colchão

Responsáveis para dar mais conforto ao sono dos pequenos, travesseiro e colchão precisam ser escolhidos com muita calma. Segundo o ortopedista Artur da Fonseca, não existe a necessidade, por exemplo, de colocar o primeiro no berço do recém nascido.

“A principal indicação é que ele repouse em uma superfície firme, plana e macia, de modo que a coluna fique bem acomodada. E apenas quando o bebê chegar ao 6º mês, o travesseiro pode ser incluído em sua rotina” explica o médico.

O médico ainda ressalta que o travesseiro deve preencher precisamente todo o espaço entre o colchão e a cabeça da criança, de forma a manter a coluna sempre alinhada e as vias respiratórias o mais livres possível.

Já no que diz respeito ao colchão, até três anos, o ideal é que a criança durma em um modelo de espuma, com densidade 18.

Você vai se interessar por:

Berço é no Vivo Compras

Agora que já conhece as melhores dicas para comprar berço, é importante comparar os preços e as condições de pagamento. O Vivo Compras traz mais de 850 mil produtos para escolher em diferentes lojas virtuais, através do mesmo carrinho.

> Vivo Compras: Encontre os melhores preços para berços

Gostou das dicas para comprar berço? Compartilhe!

vale a pena usar roupas de marca
feiras de trocas
Comprar tablet
Mulher entende o que é carnê-leão
Comprar smart tv
micro-ondas ou forno elétrico